Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Narrativa Diária

Não escrever um romance na «horizontal», com a narrativa de peripécias que entretêm. Escrevê-lo na «vertical», com a vivência intensa do que se sente e perturba. Vergílio Ferreira

Narrativa Diária

Não escrever um romance na «horizontal», com a narrativa de peripécias que entretêm. Escrevê-lo na «vertical», com a vivência intensa do que se sente e perturba. Vergílio Ferreira

19
Mar17

Chuck Berry (1926-2017)

 

Morreu Chuck Berry, um dos percursores do rock and roll. Tinha 90 anos.

 

Berry começou a despontar para a música desde cedo, tendo dado o seu primeiro concerto em 1941, na escola secundária de Sumner, em St. Louis, que frequentava, sendo, por isso, lembrado por muitos como o pai do movimento Rock, tendo influenciado praticamente todos os grandes músicos que surgiram depois. Sobre ele, Stevie Wonder afirmou ser o «verdadeiro rei do rock and rol» e John Lennon sustentava que se «se tivesse de dar um outro nome ao rock and roll poder-se-ia chamar-lhe Chuck Berry».

 

Na década de 1950, Chuck Berry começou a dedicar-se à música a tempo inteiro. Nessa altura, formou um trio com o baterista Ebby Harding e o teclista Johnnie Johnson.

 

Em 1957, editou o seu primeiro álbum de originais, «After School Session». A sua carreira musical durou sete décadas e brindou os amantes de rock and roll com uma série de sucessos, de que são exemplo os temas «Roll Over Beethoven» e «Johnny B Goode».

 

Chuck Berry estava a preparar um último álbum de estúdio, com lançamento marcado para este ano,  intitulado Chuck.