Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Narrativa Diária

Não escrever um romance na «horizontal», com a narrativa de peripécias que entretêm. Escrevê-lo na «vertical», com a vivência intensa do que se sente e perturba. Vergílio Ferreira

Narrativa Diária

Não escrever um romance na «horizontal», com a narrativa de peripécias que entretêm. Escrevê-lo na «vertical», com a vivência intensa do que se sente e perturba. Vergílio Ferreira

03.03.15

Conferência: «Grécia: E Agora?»

11006429_857297924331899_2851767657277872145_n.jpg

 «Numa Europa onde as novidades políticas não abundam e os actos eleitorais se processam, por regra, dentro de um rotativismo entre o centro direita e o centro esquerda, dois pólos que se reconhecem, no essencial, no ordenamento europeu existente, as eleições gregas foram um acontecimento marcante, levantando paixões, apreensões, ódios, amores e incógnitas várias.

Um largo consenso parece existir, contudo, sobre o efeito novidade da acção do governo grego, presidido por Alexis ...Tsipras. As opiniões quanto ao seu sucesso e à natureza positiva ou negativa essas dividem-se.

O acompanhamento desta experiência e a perspetivação dos seus reflexos, sobre a União Europeia, sobre o Euro e sobre Portugal será fundamental nos próximos tempos e o CIDEEF, o Instituto Europeu e o IDEFF propõem-se fazê-lo com regularidade.

Um primeiro ponto de situação vai ser feito numa conferencia no próximo dia 4 de Março, que reunirá um conjunto impressionante de analistas e especialistas nesta matéria, que gentilmente aceitaram o nosso convite.

É, pois, com o maior prazer que vos venho convidar a estarem presentes num debate que é decisivo não só para a Grécia, como para a Europa toda e Portugal em especial».

Eduardo Paz Ferreira