Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Narrativa Diária

Não escrever um romance na «horizontal», com a narrativa de peripécias que entretêm. Escrevê-lo na «vertical», com a vivência intensa do que se sente e perturba. Vergílio Ferreira

Narrativa Diária

Não escrever um romance na «horizontal», com a narrativa de peripécias que entretêm. Escrevê-lo na «vertical», com a vivência intensa do que se sente e perturba. Vergílio Ferreira

26
Abr17

Fim-de-semana à moda do Porto

porto_cidade-e1484916021890.jpg

 

O fim-de-semana alargado foi passado no Porto. Há anos que não ia ao Porto. Gosto desta cidade. Tem cultura, tem história, tem uma boa gastronomia e tem gente simpática e calorosa que nos faz sentir em casa.

 

Há muito que desejava revisitar o Porto. Queria caminhar a pé por aquelas ruas, passear junto ao Douro e absorver o pulsar daquela cidade. Tive sorte com o tempo, dias de sol e a temperatura a rondar os 23 graus, apenas no último dia chuviscou e a temperatura baixou.

 

A cidade não me desiludiu em nada. É simplesmente encantadora. Tem cantos e recantos com vistas soberbas, perfeitos para calcorrear, parar, apreciar e registar.

 

Foi um fim de semana estafante, mas que me deixou de coração cheio, porque não há nada como a sensação de viajar e vivenciar o prazer que isso nos dá.

 

1 comentário

Comentar post