Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Narrativa Diária

Não escrever um romance na «horizontal», com a narrativa de peripécias que entretêm. Escrevê-lo na «vertical», com a vivência intensa do que se sente e perturba. Vergílio Ferreira

Narrativa Diária

Não escrever um romance na «horizontal», com a narrativa de peripécias que entretêm. Escrevê-lo na «vertical», com a vivência intensa do que se sente e perturba. Vergílio Ferreira

14
Jun16

Força Portugal!

Portugal-Belgium-lineup-20160329.jpg

Começa hoje o Euro 2016 para Portugal. A seleção portuguesa entra em campo às 20h00, em Saint Étienne, onde jogará o primeiro jogo frente à Islândia.  É evidente que Portugal tem obrigação de ganhar. Nenhum português está preparado para outro resultado que não seja a vitória.

 

Parece-me que o onze de Portugal não andará longe daquele que Fernando Santos alinhou contra a Estónia. Creio que Danilo ganhará a titularidade em relação a William devido ao seu jogo aéreo. Esse fator também poderá ser determinante na escolha de Ricardo Carvalho ao lado Pepe no centro da defesa. Vieirinha e Guerreiro deverão ser os laterias escolhidos. Moutinho e André Gomes ainda não convenceram, mas não estou a ver Fernando Santos abdicar deles. Na frente, a grande dúvida que se coloca: se Quaresma não estiver em condições quem entrará para o seu lugar? O mais normal seria a entrada de Nani, mas é possível que Fernando Santos surpreenda e jogue com um ponta de lança, no caso Éder.

 

Como «treinadora de bancada» o meu onze para este jogo seria: Patrício, Cédric, Pepe, R. Carvalho, R. Guerreiro, Danilo, Adrien, J. Mário, R. Sanches, Ronaldo e Nani (caso R. Quaresma não possa jogar). E, acreditem, não é a minha veia sportinguista a falar mais alto. É porque acredito que são estes os jogadores que neste momento poderão acrescentar mais valor à equipa.

 

Mas, independentemente da equipa que logo à noite entrar em campo, seremos certamente 11 milhões a torcer por Portugal e seria muito bom que a seleção conseguisse hoje uma vitória categórica frente à seleção islandesa, por mais de dois golos, algo ainda, ainda, inédito neste campeonato.

 

Força Portugal!