Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Narrativa Diária

Não escrever um romance na «horizontal», com a narrativa de peripécias que entretêm. Escrevê-lo na «vertical», com a vivência intensa do que se sente e perturba. Vergílio Ferreira

Narrativa Diária

Não escrever um romance na «horizontal», com a narrativa de peripécias que entretêm. Escrevê-lo na «vertical», com a vivência intensa do que se sente e perturba. Vergílio Ferreira

08
Set17

Furacão Irma

 3fbad6039612894b6478bd74443920df.png

Pelo menos 10 pessoas morreram e dezenas ficaram feridas com a passagem do furacão Irma pelas ilhas mais pequenas das Caraíbas: Guadalupe, Antígua, Barbuda, S. Bartolomeu e S. Martinho. A devastação é tão grande que os governos locais afirmam que há zonas que ficaram inabitáveis e que a reconstrução poderá demorar anos.

 

O Irma é o furacão mais potente e mais destrutivo a atingir a região nas últimas décadas. Mais de 19 mil pessoas foram retiradas das suas casas na República Dominicana devido aos efeitos do furacão de categoria 5, a máxima, que passou pelo norte da costa atlântica do país, e está agora a passar pelas Bahamas e por Cuba e dirige-se para a Flórida, nos EUA.

 

Pesquisas recentes mostram que os furacões ficaram mais fortes nas últimas décadas. O aumento de temperatura nas superfícies da terra e do oceano eleva a energia potencial disponível para os furacões que se formam no Atlântico.

 

E ainda há quem pense que o aquecimento global é só um mito.