Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Narrativa Diária

Não escrever um romance na «horizontal», com a narrativa de peripécias que entretêm. Escrevê-lo na «vertical», com a vivência intensa do que se sente e perturba. Vergílio Ferreira

Narrativa Diária

Não escrever um romance na «horizontal», com a narrativa de peripécias que entretêm. Escrevê-lo na «vertical», com a vivência intensa do que se sente e perturba. Vergílio Ferreira

15.04.15

Gisele Bündchen abandona a carreira de modelo

800.gif

A modelo Gisele Bündchen fará esta semana o seu último desfile para a marca Colcci durante a São Paulo Fashion Week, pondo fim a uma carreira como modelo que já dura há 20 anos e revelou as razões que a levaram a abandonar as passadeiras: «aprendi a sentir o meu corpo. Automaticamente, o meu corpo diz se o que faço vale a pena e ele pediu-me para parar. Eu respeito o meu corpo e tenho o privilégio de poder parar», explicou a modelo brasileira, em entrevista ao jornal «Folha de São Paulo».

«Não é uma aposentadoria, porque vou continuar a trabalhar, apenas não será na passarela. Além disso, não descarto desfilar, porque já estou nesta área há 20 anos e agora quero criar espaço para me focar em outros projetos e também passar mais tempo com a minha família».  Mãe de dois filhos e casada com o ídolo do futebol americano Tom Brady, do New England Patriots, a modelo de 34 anos é, segundo a revista Forbes, a mais bem paga do mundo e ostenta esse título há oito anos.

Estreou-se como modelo aos 14 anos. Ao longo de duas décadas, criou uma carreira sólida que hoje é refletida em grandes campanhas, como a da Chanel. A longo dos anos trabalhou para outras marcas como Alexander Wang, Balenciaga, Valentino, Victoria's Secret, Versace e Louis Vuitton.