Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Narrativa Diária

Não escrever um romance na «horizontal», com a narrativa de peripécias que entretêm. Escrevê-lo na «vertical», com a vivência intensa do que se sente e perturba. Vergílio Ferreira

Narrativa Diária

Não escrever um romance na «horizontal», com a narrativa de peripécias que entretêm. Escrevê-lo na «vertical», com a vivência intensa do que se sente e perturba. Vergílio Ferreira

31
Ago17

O grau zero do jornalismo

21150311_673392776191347_324593917279521001_n.jpg

Nos últimos dias fomos confrontados com a notícia do desaparecimento fotojornalista, Pedro Palma e com o desfecho fatídico que já se previa, tendo o corpo sido encontrado na bagageira do seu automóvel, em Sintra.

 

Pois bem, o Correio da Manhã, o diário com maior tiragem em Portugal, para além de noticiar todos estes factos, entendeu, vá-se lá saber porque, fazer alguma publicidade ao modelo do carro e ao seu suplemento sobre automóveis, Aquela Máquina.

 

Sim, na mesma notícia onde se fala da morte do fotojornalista e das reações da família, especificam-se detalhes do modelo da viatura.

 

Nunca tinha visto nada assim. Chegamos, definitivamente, ao grau zero do jornalismo. É surreal!