Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Narrativa Diária

Não escrever um romance na «horizontal», com a narrativa de peripécias que entretêm. Escrevê-lo na «vertical», com a vivência intensa do que se sente e perturba. Vergílio Ferreira

Narrativa Diária

Não escrever um romance na «horizontal», com a narrativa de peripécias que entretêm. Escrevê-lo na «vertical», com a vivência intensa do que se sente e perturba. Vergílio Ferreira

05
Jun15

Obrigada, Marco Silva!

841190.jpg

Já se tinha percebido que a relação entre o Presidente e o treinador do Sporting há muito que se tinha tornado insustentável, pelo que a rescisão com Marco Silva era aguardada a qualquer instante. A forma como todo este processo se desenrolou não me parece que tenha acontecido da forma mais prestigiante para o clube e para Bruno de Carvalho.

Como a maioria dos sportinguistas, estou grata a Marco Silva pela época que fez ao serviço do Sporting e pela conquista da taça de Portugal, choca-me vê-lo despedido com «justa causa» alegando motivos que a serem verdadeiros são simplesmente ridículos. Era preferível o Sporting chegar a um acordo, indemnizar Marco Silva e resolver o caso de forma elegante, com ética, e colocar uma pedra sobre o assunto. Se o caso for parar aos tribunais não é preciso ser doutorada em leis para antever o desfecho deste processo.

Resta-me, pois (a mim e julgo que a todos os simpatizantes, adeptos e sócios do SCP) agradecer a Marco Silva e desejar-lhe as maiores felicidades na sua carreira, que não tenho dúvidas que irá ser cheia de sucessos, exceto, claro, quando defrontar o Sporting Clube de Portugal.

Sobre a contratação de Jorge Jesus falarei mais tarde.