Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Narrativa Diária

Não escrever um romance na «horizontal», com a narrativa de peripécias que entretêm. Escrevê-lo na «vertical», com a vivência intensa do que se sente e perturba. Vergílio Ferreira

Narrativa Diária

Não escrever um romance na «horizontal», com a narrativa de peripécias que entretêm. Escrevê-lo na «vertical», com a vivência intensa do que se sente e perturba. Vergílio Ferreira

01
Dez16

Palavra do Ano 2016

palavradoano2016_portugal.jpg

Já é conhecida a lista das 10 palavras selecionadas para «Palavra do Ano 2016» que a Porto Editora divulgou hoje tanto em Portugal, como em Angola e Moçambique.

 

“Brexit”, “campeão”, “empoderamento”, “gerigonça”, “humanista”, “microcefalia”, “parentalidade”, “presidente”, “turismo” e “racismo” são as palavras postas a concurso até 31 de dezembro, a fim de  eleger-se a «palavra do ano».

 

Esta iniciativa realiza-se em Portugal desde 2009, esta é a 8ª edição e pode ser votada aqui. Em Angola e Moçambique, realiza-se pela primeira vez

 

As palavras eleitas nas edições anteriores foram “esmiuçar” (2009), “vuvuzela” (2010), “austeridade” (2011), “entroikado” (2012), “bombeiro” (2013), “corrupção” (2014) e “refugiado” (2015).

 

No ano passado, segundo a Porto Editora, registou-se uma participação superior a 20.000 votantes através da internet.