Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Narrativa Diária

Não escrever um romance na «horizontal», com a narrativa de peripécias que entretêm. Escrevê-lo na «vertical», com a vivência intensa do que se sente e perturba. Vergílio Ferreira

Narrativa Diária

Não escrever um romance na «horizontal», com a narrativa de peripécias que entretêm. Escrevê-lo na «vertical», com a vivência intensa do que se sente e perturba. Vergílio Ferreira

19
Jun17

Quando a tragédia e as suas vitimas se transformam num reality show

19149223_1972974342933897_4090611478458512603_n.jp

 

«Está aqui um corpo ao meu lado que ainda não foi recolhido apesar dos Bombeiros estarem muito perto», Judite de Sousa, TVI.

 

É verdade que os jornalistas merecem toda a nossa gratidão. Afinal prestam-nos um serviço inestimável: informam, reportam e explicam os acontecimentos, muitas vezes em condições adversas como no caso dos fogos que têm assolado o país.

 

Mas, infelizmente, nem todos os profissionais tem a melhor postura e sabem comportar-se adequadamente face às várias situações. A alguns jornalistas, desgraçadamente, falta-lhes bom senso e as noções deontológicas mais elementares. Foi o caso desta  reportagem da jornalista Judite de Sousa, Diretora-Adjunta de Informação da TVI, que foi tudo menos jornalismo. Foi algo inqualificável.