Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Narrativa Diária

Não escrever um romance na «horizontal», com a narrativa de peripécias que entretêm. Escrevê-lo na «vertical», com a vivência intensa do que se sente e perturba. Vergílio Ferreira

Narrativa Diária

Não escrever um romance na «horizontal», com a narrativa de peripécias que entretêm. Escrevê-lo na «vertical», com a vivência intensa do que se sente e perturba. Vergílio Ferreira

02
Mar16

«Super terça-feira»

 

 

24004733_03_02T041648Z_440365376_TM3EC311SEL01_RTR

Nos EUA teve ontem lugar a «Super terça-feira». Assim chamada, porque, no âmbito das primárias americanas, foi o dia em que mais Estados e territórios norte-americanos votam para a nomeação oficial do candidato presidencial democrata e republicano durante as convenções nacionais dos partidos às presidenciais de novembro. Foram 14 os Estados que foram a eleições, num dia considerado determinante para definir o destino dos candidatos republicanos e democratas à Casa Branca.

Do lado dos Democratas, Hillary Clinton foi a grande vencedora, ganhando em sete dos 11 Estados disputados e numa região, de acordo com os resultados preliminares e sondagens. A candidata do Partido Democrata às presidenciais dos Estados Unidos conseguiu a maioria dos votos no Alabama, Arkansas, Geórgia, Massachusetts, Tennessee, Texas, Virgínia e na Samoa Americana. O seu rival, o senador Bernie Sanders conquistou os estados do Colorado, Minnesota, Oklahoma e Vermont. Hillary Clinton celebrou a vitória parcial nas primárias da «Super terça-feira» que até agora, lhe concedeu seis estados, segundo as sondagens, ficando a situação praticamente resolvida, já que Hillary tem um avanço significativo nos delegados, quase mais 500 do que Bernie Senders. A vitória esmagadora que teve na Carolina do Sul - quase 50 pontos à frente do seu principal adversário – deu-lhe um grande impulso.

No que toca ao partido republicano, Donald Trump conquistou pelo menos sete dos 11 estados disputados, alcançando a maioria dos votos do lado dos conservadores, nomeadamente no Alabama, Georgia, Massachusetts, Tennessee, Arkansas, Vermont e Virgínia, estando ainda a ser apurado o Alaska, o último estado desta «Super terça-feira». Trump não venceu, no entanto, no Texas, Estado onde se elegiam mais delegados. Aqui o vencedor foi Ted Cruz que conquistou também Oklahoma.

Donald Trump ainda não tem o caminho aberto. Todavia, o milionário está a surpreender e a criar uma dinâmica de vitória. O republicano que há dois meses era encarado como uma farsa, paulatinamente vem ganhando terreno. Já ganhou em três Estados e a vitória no Nevada foi muito importante porque derrotou Marco Rubio e Ted Cruz.