Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Narrativa Diária

Não escrever um romance na «horizontal», com a narrativa de peripécias que entretêm. Escrevê-lo na «vertical», com a vivência intensa do que se sente e perturba. Vergílio Ferreira

Narrativa Diária

Sex | 19.04.13

Temos que fazer ouvir a nossa voz na Europa

narrativadiaria

Ontem, na TVI24, referindo-se à atual situação económica do País, Manuela Ferreira Leite defendeu que a «solução tem que ser forçosamente política». «Os países têm de ser capazes de fazer ouvir a sua voz nos Conselhos Europeus», por forma a obstaculizar a construção de «um projeto que pode conduzir a duas Europas: dos pobres e dos ricos». A antiga ministra considerou ainda que o “objetivo do défice” não era o mais importante nesta altura. «O pior de não estarmos a crescer é estarmos a empobrecer». Nesta conjuntura é importante perceber como vamos pagar as nossas dívidas? A resposta, segundo Ferreira Leite, poderá ser Miguel Poiares Maduro, já que o novo ministro-adjunto «pode ser uma lufada de ar fresco», uma vez que «tem uma visão diferente sobre a posição de Portugal na Europa».  A ex-ministra das Finanças considerou, ainda, que o facto de não ter sido anunciado qualquer valor nos cortes das despesas e não terem sido indicadas medidas concretas, indicia que «não vão tratar-se de cortes cegos de 10% em cada pasta», ficando antes a ideia de que estas medidas vão «ao osso dos diferentes programas» e vão «pôr em causa algumas coisas». Ferreira Leite disse ainda ter ficado "perplexa" com o que foi anunciado para as PPP rodoviárias, sublinhando que não é «nada compatível com a ideia de que todos nós temos de fazer sacrifícios».