Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Narrativa Diária

Não escrever um romance na «horizontal», com a narrativa de peripécias que entretêm. Escrevê-lo na «vertical», com a vivência intensa do que se sente e perturba. Vergílio Ferreira

Narrativa Diária

Qua | 13.03.13

Habemus Papam

Finalmente saiu fumo branco da chaminé da Capela Sistina, no Vaticano, e os sinos tocaram a repique como manda a tradição.

O cardeal-arcebispo de Buenos Aires, Jorge Mario Bergoglio, foi hoje eleito papa pelos 115 cardeais reunidos em Roma, assumindo o nome de Francisco I.

Francisco I sucede a Bento XVI e será o 266º. papa da Igreja Católica. Entre aplausos e a aclamação da comunidade católica presente na Praça de São Pedro, Jorge Bergoglio pediu "um caminho de fraternidade, de amor e de confiança" e pronunciou a sua primeira bênção "Urbi et Orbi".

Ter | 12.03.13

Eleição do novo Papa

Os cardeais reunidos em conclave começam hoje a escolher o novo Papa, após uma missa na Basílica de São Pedro celebrada pelo decano do Colégio Cardinalício, Angelo Sodano. À tarde, os cardeais dirigir-se-ão para a capela Sistina, onde cento e quinze cardeais irão escolher o Sumo Pontífice que irá suceder a Bento XVI.

Sessenta europeus, 19 latino-americanos, 14 norte-americanos, 11 africanos, 10 asiáticos e 1 cardeal da Oceânia formam o grupo de cardeias que elegerá em conclave – “à porta fechada” – o 266.º titular do trono de Pedro, “guiados pelo Espírito Santo”. Estes 115 homens, todos eles nomeados cardeais pelas mãos de João Paulo II ou de Bento XVI, vão jurar guardar segredo absoluto sobre tudo o que direta ou indiretamente tenha a ver com os votos e escrutínios para a eleição do novo Papa. A primeira votação definirá os dois candidatos mais votados. Após cada votação, os boletins de voto serão queimados. Enquanto a maioria de dois terços não for alcançada sairá fumo negro da chaminé da capela Sistina. Prevê-se que daqui a 4 dias haja fumo branco.

Seg | 11.03.13

11 de Março de 1975

Há 38 anos, 11 meses após o 25 de Abril, uma tentativa de golpe militar, encabeçada pelo General Spínola, ex-Presidente da República, com apoio dos paraquedistas de Tancos e da ELP foi levada a cabo com a finalidade de derrubar o governo de Vasco Gonçalves. O movimento desencadeado por tropas paraquedistas, ficou-se pelo ataque ao RALIS, donde resultou uma vitima mortal e doze feridos, dos quais dois eram civils. Após esta intentona ser gorada, Spínola refugia-se em Tancos, fugindo dali para Espanha e, mais tarde, para um longo exílio no Brasil.

 

 

Dom | 10.03.13

Arroz Doce Cremoso

(imagem retirada da Net)

 

Ingredientes:

1½ Chávena de arroz
3 Chávenas de água
1 limão
1 pau de canela
1 pitada de sal
600ml de leite
2 colher (sopa) de margarina
200 gr de açúcar

2 Gemas
Canela em pó q.b.


Preparação:

Num tacho colocar a água, as cascas de limão e os paus de canela. Mexer de vez em quando para o arroz não pegar.


Quando a água evaporar quase por completo e o arroz abrir, juntar a margarina e metade do leite e deixar cozer em lume brando. Ter o cuidado de ir mexendo de vez em quando. Deitar o restante leite aos poucos. Quando o arroz estiver cozido e cremoso juntar o açúcar e, se necessário, mais uma pinga de leite. Mexer bem as gemas e juntar ao arroz, tendo a preocupação de não as deixar cozer.


Retirar as cascas de limão e os paus de canela.


Colocar em taças individuais ou numa taça grande e polvilhar com canela em pó a gosto.

 

Sab | 09.03.13

FILME "AMOR"

Em "Amor", o realizador Michael Haneke dá-nos um retrato pungente de nossa mortalidade, analisando a fundo o verdadeiro significado da palavra “companheirismo”. Um argumento aparentemente simples que se vai complexificando a cada cena, a cada plano, a cada expressão dos atores. São tantos os sentimentos que estão em jogo neste filme! Qualquer pessoa rever-se-á, de uma forma ou de outra, nesta história que é contada de maneira simples, mas inquietante. É a realidade ficcionada que ali está patente, e essa consegue ser muito perturbadora.

Magnifico!

 

 

 

Sab | 09.03.13

PRESIDENTE QUEBRA O SILÊNCIO

Parece que o Presidente da República renasceu das cinzas, saindo da letargia em que havia mergulhado há 33 dias. A saída de uma fábrica de cereais quebrou o silêncio, dizendo algumas “lapalissadas” como e alias seu apanágio. Questionado sobre a manifestação do último fim-de-semana, o Presidente da República respondeu que "as vozes que se fizeram ouvir não podem deixar de ser escutadas", afirmando que não deseja "protagonismos mediáticos", por saber que são "inversamente proporcionais" à capacidade de um Presidente " influenciar as decisões tomadas para o país".

 

 Patetico!

Sex | 08.03.13

Dia Internacional da Mulher

 

Comemora-se hoje o dia internacional da mulher, mas a historia e contada  em: http://www.suapesquisa.com/dia_internacional_da_mulher.htm.

 

«No dia 8 de março de 1857, operárias de uma fábrica de tecidos, situada na cidade norte americana de Nova Iorque, fizeram uma grande greve. Ocuparam a fábrica e começaram a reivindicar melhores condições de trabalho, tais como, redução na carga diária de trabalho para dez horas (as fábricas exigiam 16 horas de trabalho diário), equiparação de salários com os homens (as mulheres chegavam a receber até um terço do salário de um homem, para executar o mesmo tipo de trabalho) e tratamento digno dentro do ambiente de trabalho.

A manifestação foi reprimida com total violência. As mulheres foram trancadas dentro da fábrica, que foi incendiada. Aproximadamente 130 tecelãs morreram carbonizadas, num ato totalmente desumano.

Porém, somente no ano de 1910, durante uma conferência na Dinamarca, ficou decidido que o 8 de março passaria a ser o "Dia Internacional da Mulher", em homenagem as mulheres que morreram na fábrica em 1857. Mas somente no ano de 1975, através de um decreto, a data foi oficializada pela ONU (Organização das Nações Unidas).

Ao ser criada esta data, não se pretendia apenas comemorar. Na maioria dos países, realizam-se conferências, debates e reuniões cujo objetivo é discutir o papel da mulher na sociedade atual. O esforço é para tentar diminuir e, quem sabe um dia terminar, com o preconceito e a desvalorização da mulher. Mesmo com todos os avanços, elas ainda sofrem, em muitos locais, com salários baixos, violência masculina, jornada excessiva de trabalho e desvantagens na carreira profissional. Muito foi conquistado, mas muito ainda há para ser modificado nesta história.».

 

Desejo um ótimo dia a todas as mulheres que tentam viver os seus dias com dignidade!

Pág. 3/3