Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Narrativa Diária

Não escrever um romance na «horizontal», com a narrativa de peripécias que entretêm. Escrevê-lo na «vertical», com a vivência intensa do que se sente e perturba. Vergílio Ferreira

Narrativa Diária

Sex | 17.05.13

Constituição nos Curriculos Escolares

narrativadiaria

O Partido Ecologista “Os Verdes” sugeriu que os currículos escolares do 3º ciclo e ensino secundário incluíssem  o estudo da Constituição da República Portuguesa.  “Os Verdes” consideram que esta é uma forma dos jovens terem a noção dos direitos que estão consagrados na Constituição da República e os partidos de esquerda apoiarem esta iniciativa, até porque como referiu Isabel Moreira do PS, «seria importante que os jovens não saíssem da escola sem a mínima noção do que são os princípios fundamentais da organização do Estado, para que se formem cidadãos com um espírito mais crítico», referiu a constitucionalista. Contudo, já se percebeu que a medida não terá efeitos práticos, uma vez que o PSD, já fez saber através do Presidente da Comissão de Assuntos Constitucionais, Fernando Negrão, que não obstante reconhecer o mérito da proposta, alega que a Constituição portuguesa é «datada, com uma carga ideológica forte, que deve ser previamente estudada com o conhecimento daquilo que são os princípios constitucionais, para que a Constituição não seja um documento visto de uma forma acrítica». O CDS diz que votará igualmente contra por entender que o texto constitucional está eivado de forte carga ideológica. Ora, numa época em que existe um hiato significativo entre os jovens e a política, seria relevante sensibilizá-los para as questões de direitos e de cidadania, pelo que faz todo o sentido pô-los em contacto com estas matérias durante o percurso escolar e prepará-los para poderem exercer o direito de voto que, como se sabemos, é um direito constitucionalmente garantido e um dever cívico que todo o cidadão, com capacidade para tal, deve praticar a partir dos 18 anos, idade em que, normalmente, concluem o 12º ano. Uma vez que nem todos ingressam no ensino superior, seria importar conhecer, ainda que de uma forma muito básica, algumas normas que constam desta Lei Fundamental.