Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Narrativa Diária

Não escrever um romance na «horizontal», com a narrativa de peripécias que entretêm. Escrevê-lo na «vertical», com a vivência intensa do que se sente e perturba. Vergílio Ferreira

Narrativa Diária

Ter | 22.10.13

Entrevista de Rui Rio à RTP

narrativadiaria

Rui Rio prepara-se para deixar Câmara do Porto ao fim de 12 anos na gestão da autarquia, tendo sido sucedido pelo independente Rui Moreira.  Rio deixa as contas do Município saldadas, mas também um enorme hiato entre a autarquia e uma grande parte dos portuenses que nunca se reviram no seu mandato.

Em entrevista, ontem, à RTP-Informação, Rui Rio garante que não vai pedir a pensão vitalícia a que tinha direito por ter ocupado cargos políticos durante mais de 20 anos. Afirmou, ainda, que a discussão sobre os cortes nas pensões dos políticos não é séria,  admitindo apenas voltar à política numa situação de emergência.

Rui Rio destacou que irá regressar à sua atividade profissional. «Vou retomar a minha atividade profissional, adequada a alguém que tem o curso de Economia, tenho a experiência que tenho e 56 anos. Não vou fazer rigorosamente nada para entrar na atividade política outra vez», declarou. «Eu não posso dizer que daqui por cinco, 10 ou 15 anos estou, de certeza, a fazer isto. Apesar do caminho que vou seguir ser este, é evidente que eu percebo que durante algum período de tempo pode acontecer qualquer coisa no país em que eu acabe por ter de estar envolvido, em nome de um interesse patriótico, da minha própria credibilidade, em nome de não defraudar a confiança das pessoas, em nome de muita coisa”, salientou.

Muitos portuguese, dentro e fora do PSD, veriam com bons olhos a sucessão de Rui Rio no PSD, ou até na Presidência da República. Tudo vai depender da sua disponibilidade para encarar estes desafios . No entanto, na opinião de Miguel Sousa Tavares, é pouco provável que a «curto prazo» Rio possa liderar o PSD porque «está tomado pelo pior do aparelho» que não lhe perdoa a derrota de Menezes» no Porto.