Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Narrativa Diária

Não escrever um romance na «horizontal», com a narrativa de peripécias que entretêm. Escrevê-lo na «vertical», com a vivência intensa do que se sente e perturba. Vergílio Ferreira

Narrativa Diária

Sex | 22.11.13

JFK foi assassinado há 50 anos

narrativadiaria

 

 

 (foto retirada da Net)

Faz hoje precisamente 50 anos que o Mundo entrou em choque com o brutal assassinato do presidente John F. Kennedy, popularmente conhecido como JFK e considerado uma das grandes personalidades do século XX.  Eleito em 1960, John F. Kennedy tornou-se o 35º presidente dos Estados Unidos até à sua morte, com apenas 46 anos.

Na altura, Lee Oswald foi considerado o único responsável pela morte de JFK. No entanto, ao fim deste meio século continuam a surgir teorias da conspiração relativas a este  crime violento, ocorrido dia 22 de novembro de 1963, em Dallas, no Texas que tem inspirado a literatura, o cinema e a televisão. O próximo grande projeto envolvendo o nome de JFK será a adaptação televisiva da obra 11-22-63 do reconhecido escritor norte-americano Stephen King. O cinema também não ficou indiferente à data. Esta quinta-feira, Parkland chegou às salas portuguesas de cinema. O filme relata os momentos após o ataque, nomeadamente, a chegada do corpo de JFK ao hospital. Escrito e realizado por Peter Landesman e produzido por Tom Hanks, este filme é a história verídica e, até agora, desconhecida das pessoas que estiveram nos bastidores de um dos acontecimentos mais marcantes da história dos EUA.

Os norte-americanos prepararam uma série de eventos para  homenagear a memória daquele que foi um dos símbolos políticos mais carismáticos do mundo. Já hoje serão realizadas várias cerimónias em diversos pontos dos EUA, nomeadamente em Dallas, onde JFK foi assassinado. Em Washington, a conferência JFK Remembrance Day tem lugar esta sexta-feira, onde vão estar presentes escritores, jornalistas e realizadores de cinema. O documentário, narrado por George Clooney (JFK: One PM Central Standard Time) será projetado, dando início a uma série de debates. Os canais de televisão estão a preparar uma programação especial dedicada a Jonh Kennedy. A 10 de novembro, estreou nos EUA, na National Geographic, o filme ‘Killing Kennedy', com Rob Lowe, Ginnifer Goodwin e Michelle Trachtenberg nos principais papéis. Ao longo de toda a semana serão transmitidos outros documentários, que também  estrearão em Portugal, dedicados ao presidente Kennedy.