Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Narrativa Diária

Não escrever um romance na «horizontal», com a narrativa de peripécias que entretêm. Escrevê-lo na «vertical», com a vivência intensa do que se sente e perturba. Vergílio Ferreira

Narrativa Diária

Sab | 25.01.14

«A praxe mata, às vezes o corpo, mas sempre a cabeça»

narrativadiaria

 

Já tinha refletido há tempos aqui no blog sobre as praxes académicas. Pacheco Pereira fá-lo aqui, obviamente de forma mais sagaz e eloquente.  Seria porventura a altura ideal para o ministro da Educação, Nuno Crato, impor medidas restritivas às universidades sobre este tema. Não vou tão longe como Vasco Pulido Valente que sugere mesmo, no seu artigo no Público o encerramento da Universidade Lusófona. Mas um apuramento de responsabilidades, com certeza.