Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Narrativa Diária

Não escrever um romance na «horizontal», com a narrativa de peripécias que entretêm. Escrevê-lo na «vertical», com a vivência intensa do que se sente e perturba. Vergílio Ferreira

Narrativa Diária

Qua | 31.12.14

Bom 2015!

narrativadiaria

BomAno2015.jpg

Desejo-vos um grande 2015! Desejo-vos saúde, paz e amor. Desejo ainda que o próximo ano seja generoso e simpático e que vos dê mil motivos para sorrir!

Deixo-vos este poema maravilhoso de Carlos Drummond de Andrade:

 

Que a felicidade não dependa do tempo, nem da paisagem, nem da sorte, nem do dinheiro.

Que ela possa vir com toda simplicidade, de dentro para fora, de cada um para todos.
Que as pessoas saibam falar, calar, e acima de tudo ouvir.

Que tenham amor ou então sintam falta de não tê-lo.

Que tenham ideais e medo de perdê-los.
Que amem ao próximo e respeitem sua dor.
Para que tenhamos certeza de que: Ser feliz sem motivo é a mais autêntica forma de felicidade.