Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Narrativa Diária

Não escrever um romance na «horizontal», com a narrativa de peripécias que entretêm. Escrevê-lo na «vertical», com a vivência intensa do que se sente e perturba. Vergílio Ferreira

Narrativa Diária

Não escrever um romance na «horizontal», com a narrativa de peripécias que entretêm. Escrevê-lo na «vertical», com a vivência intensa do que se sente e perturba. Vergílio Ferreira

Qua | 02.01.19

Centeno, melhor ministro das Finanças de 2018

centeno-official-portrait.jpg

Enquanto por cá Mário Centeno vai somando críticas por parte dos seus opositores, na Europa, pelo contrário, é objeto dos maiores elogios.

 

Hoje, a revista The Banker, publicação dedicada aos assuntos internacionais que pertence ao grupo Financial Times, elegeu Mário Centeno como o melhor ministro das Finanças da Europa de 2018. Uma vez que foi na opinião daquela publicação o ministro das Finanças que melhor conseguiu «estimular o crescimento e estabilizar a economia».

 

Sobre o trabalho desenvolvido em Portugal, a publicação destaca a melhoria de uma série de indicadores, como a taxa de desemprego e a melhoria do Produto Interno Bruto (PIB) estimada pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE).

 

O governante português foi, ainda, distinguido pelo papel essencial que teve para a reforma da zona euro, enquanto presidente do Eurogrupo. As negociações que envolveram os ministros das finanças da zona do euro, no início de dezembro, culminaram com as reformas mais significativas para os países da moeda única desde a crise da dívida. O acordo foi alcançado em várias questões baseadas na prevenção e gestão de futuras crises financeiras, justifica a revista através de um texto publicado na sua página oficial.

 

A nível europeu, o The Banker destaca, ainda, o papel mais conciliador que Centeno terá conseguido junto do Eurogrupo (comparando-o ao seu antecessor Jeroen Dijsselbloem), apontando como desafios para 2019 a consolidação do terceiro pilar da união bancária (o sistema comum de garantia de depósitos) e a concretização do orçamento para a Zona Euro.