Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Narrativa Diária

Não escrever um romance na «horizontal», com a narrativa de peripécias que entretêm. Escrevê-lo na «vertical», com a vivência intensa do que se sente e perturba. Vergílio Ferreira

Narrativa Diária

Qui | 23.04.20

Dia Mundial do Livro

 

estante-para-livros.jpg

Hoje é o Dia Mundial do Livro. Sabemos bem que, infelizmente, os danos causados pelo Covid-19 no sector do livro são avassaladores e, em alguns casos irrecuperáveis. Há inúmeras editoras e livreiros, jornais e revistas à beira do fecho, arrastando consigo autores, tradutores, editores, jornalistas,  paginadores, designers, vendedores, revisores, e de de um modo geral todos os profissionais do sector para o desemprego.


É urgente fazer algo para que este panorama se inverta. O Ministério da Cultura vai disponibilizar 400 mil euros para a aquisição de livros, a preço de venda ao público. A ideia, diz o gabinete de Graça Fonseca, é a Direção Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas gastar até um máximo de cinco mil euros por editora e livraria e adquirir obras dos catálogos que serão depois distribuídos, em articulação com o Instituto Camões, pela Rede de Ensino de Português no Estrangeiro e Rede de Centros Culturais. É uma medida «para o curto prazo e para uma resposta mais imediata a situações de maior vulnerabilidade», face ao impacto da atual conjuntura.

 

Faça também a sua parte. Compre um livro, adquira um jornal ou faça a assinatura de uma revista. Dê o seu contributo. Se todos fizermos isto com alguma regularidade, podemos de algum modo estar estar a tentar salvar o setor livreiro e imprensa escrita e, sobretudo podemos continuar a ler os autores e comentadores de que gostamos.

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.