Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Narrativa Diária

Não escrever um romance na «horizontal», com a narrativa de peripécias que entretêm. Escrevê-lo na «vertical», com a vivência intensa do que se sente e perturba. Vergílio Ferreira

Narrativa Diária

Qua | 09.11.16

Great American Disaster

narrativadiaria

14963364_814507715357223_6833762850892787876_n.jpg

 

Estou em choque. Eu e o mundo. Quando acordei, liguei a televisão e vi escarrapachado: «Donald Trump é o 45º Presidente dos Estados Unidos da América» nem queria acreditar. Como é possível? Contra tudo e contra todos Trump conseguiu ganhar, nem ele provavelmente sabe como conseguiu.

 

Daqui para a frente nada ficará como dantes. As razões sociopolíticas da vitória eleitoral de Trump são diversas,complexas e difíceis de explicar 'a quente'. Se acreditamos na democracia, teremos de reconhecer que haverá razões profundas para este «voto de protesto» dos eleitores americanos: a saturação perante o statu quo e a rejeição a Hillary Clinton falaram certamente mais alto. Creio que isso contou mais do que uma adesão convicta ao discursou xenófobo, chauvinista, machista, racista, bélico e insano de Donald Trump.

 

Agora entramos numa fase com consequências globais imprevisíveis. Os populistas rejubilam, a começar por Putin. A Europa e o mundo estremecem. A incerteza está instalada, porque a incógnita e a apreensão no que se viu e ouviu no passado recente são incontroláveis sobre o futuro do mundo e, consequentemente, sobre o de todos nós.