Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Narrativa Diária

Não escrever um romance na «horizontal», com a narrativa de peripécias que entretêm. Escrevê-lo na «vertical», com a vivência intensa do que se sente e perturba. Vergílio Ferreira

Narrativa Diária

Dom | 02.11.14

Em Parte Incerta (Gone Girl)

narrativadiaria

gone-girl-em-parte-incerta-2014-de-david-fincher.j

Cada novo filme de David Fincher suscita sempre alguma curiosidade e expectativa.

«Em que estás a pensar? Como te estás a sentir? O que fizemos de nós?» são o ponto de partida para o realizador David Fincher construir a sua obra cinematográfica mais recente. E que obra!

Em Parte Incerta é uma adaptação do livro Gillian Flynn (no original Gone Girl), e que narra um a vida conjugal do casal Amy (Rosamund Pike) e Nick Dunne (Ben Affleck).

Todavia, para lá do desvendar dos meandros da narrativa, Em Parte Incerta oferece igualmente uma abordagem de situações menos claras do casamento e o modo como a sua evolução pode transformar, de um momento para o outro, uma grande intimidade na maior indiferença.

Outro dos aspetos implícitos neste filme prende-se com a crítica social que é feita à media e aos  mecanismos de construção da opinião pública e da relação entre o público e a televisão: a média decide sobre os temas que a sociedade deve pensar, manipulando a opinião pública a seu belo prazer.

 Aliás quando no início do filme Nick aparece com o jogo «Mastermind» debaixo do braço, David Fincher avisa que este é um puzzle complexo no qual as peças se baralham várias vezes sendo que o espetador vai sendo ao longo do filme manipulado quanto ao julgamento do caso e das personagens.

Gillian Flynn escreveu o argumento em 420 páginas num texto que Fincher transformou em 149 minutos de pura tensão, e mesmo que ao livro se deva grande parte do mérito, o realizador não esconde a sua marca. A atmosfera sombria e envolvente a que David Fincher nos habituou, continua a está aqui presente.

Relativamente às personagens. A forma com cada uma é retratada é bastante interessante. Fincher e Flynn fizeram-no de forma absolutamente cativante.

Ben Affleck( NIck) interpreta um tipo aparentemente descontraído, mas que resulta na perfeição. A figura central Rosamund Pike (Amy) tem um desempenho digno de muitas nomeações! Ela é absolutamente fascinante, envolvente e assustadora. Uma atriz que depois deste papel terá com certeza outros com maior destaque.

Apesar das suas 2 horas e 30 minutos de duração, Em Parte Incerta prende-nos do princípio ao fim.

Até onde é capaz de ir o ser humano para atingir determinados objetivos? O filme responde em parte a esta questão. Imperdível!