Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Narrativa Diária

Não escrever um romance na «horizontal», com a narrativa de peripécias que entretêm. Escrevê-lo na «vertical», com a vivência intensa do que se sente e perturba. Vergílio Ferreira

Narrativa Diária

Sex | 13.12.19

Ferro repreende Ventura

5df294690cf2e726c86033bb.jpg

Ferro Rodrigues repreendeu o deputado do Chega, em pleno plenário e acusou-o de ofender o Parlamento e a si próprio, por utilizar demasiadas vezes a palavra “vergonha” durante as suas intervenções.

 

André Ventura comporta-se no Parlamento como estivesse a comentar jogos do Benfica na CMTV. A sua forma de fazer política, já nós sabemos, é fruto do populismo, alavancado no oportunismo, desprovida de quaisquer valores e sem um pingo de escrúpulos. Quando verifica que há inconsistências no seu programa eleitoral, programa pelo qual Ventura foi eleito deputado há dois meses, ele modifica-o, sem qualquer problema.

 

Porém, por muito que nos custe, certo é que o deputado do Chega foi eleito democraticamente e o Presidente da Assembleia não tem que repreender os deputados pela linguagem utilizada, apenas e só quando estes têm comportamentos desviantes ou atitudes menos próprias na Assembleia da República, o que não foi o caso.

 

Os representantes dos partidos devem ser julgados pelos eleitores e não pelo presidente da AR, cabendo a este apenas assegurar o regular funcionamento do órgão de soberania que dirige.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.