Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Narrativa Diária

Não escrever um romance na «horizontal», com a narrativa de peripécias que entretêm. Escrevê-lo na «vertical», com a vivência intensa do que se sente e perturba. Vergílio Ferreira

Narrativa Diária

Não escrever um romance na «horizontal», com a narrativa de peripécias que entretêm. Escrevê-lo na «vertical», com a vivência intensa do que se sente e perturba. Vergílio Ferreira

Seg | 08.01.18

Globos de ouro 2018

GettyImages-902754424.jpg

Já se sabia que este ano a 75ª cerimónia dos Globos de Ouro iria ser dominada pelo tema «assédio sexual» e que o dress code usado pelas nomeadas e convidadas seria o preto, em sinal de protesto contra as vítimas de discriminação sexual.

 

Mas a cerimónia ficou marcada pelo discurso forte e emotivo de Oprah Winfrey ao receber o prémio honorário Cecil B. DeMille.

 

Oprah levantou o auditório do hotel Beverly Hilton com um discurso contra «os homens poderosos e brutais» que dominaram o mundo, afirmando que «o seu tempo chegou ao fim».

 

Quanto aos vencedores:

 

Categorias de cinema:

 

Melhor Ator Secundário: Sam Rockwell, “Three Billboards Outside Ebbing, Missouri”

Melhor Banda Sonora: Alexandre Desplat, “The Shape of Water”

Melhor Canção: “This is Me” (Benj Pasek e Justin Paul), do filme “The Greatest Showman”

Melhor Ator (Comédia ou Musical): James Franco, “The Disaster Artist”

Melhor Filme de Animação: “Coco” (Pixar)

Melhor Atriz Secundária: Allison Janney, “I, Tonya”

Melhor Guião: Martin McDonagh, “Three Billboards Outside Ebbing, Missouri”

Melhor Filme Estrangeiro: “In the Fade” (Alemanha/França)

Melhor Realizador: Guillermo del Toro, “The Shape of Water”

Melhor Atriz (Comédia ou Musical): Saoirse Ronan, “Lady Bird”

Melhor Comédia: “Lady Bird”

Melhor Ator (Drama): Gary Oldman, “Darkest Hour”

Melhor Atriz (Drama): Frances McDormand, “Three Billboards Outside Ebbing, Missouri”

Melhor Drama: Three Billboards Outside Ebbing, Missouri”

  

Categorias de televisão:

 

Melhor Atriz (Mini-Série): Nicole Kidman, “Big Little Lies”

Melhor Atriz (Comédia): Rachel Brosnahan, “The Marvelous Mrs. Maisel”

Melhor Atriz (Drama): Elisabeth Moss, “The Handmaid’s Tale”

Melhor Ator (Drama): Sterling K. Brown, “This Is Us”

Melhor Série (Drama): “The Handmaid’s Tale” (Hulu)

Melhor Ator Secundário: Alexander Skarsgard: “Big Little Lies”

Melhor Atriz Secundária: Laura Dern, “Big Little Lies”

Melhor Ator (Mini-Série): Ewan McGregor, “Fargo”

Melhor Série (Comédia ou Musical): “The Marvelous Mrs. Maisel” (Amazon)

Melhor Ator (Comédia ou Musical): Aziz Ansari, “Master of None”

Melhor Mini-Série ou Filme Produzido para a Televisão: “Big Little Lies” (HBO)