Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Narrativa Diária

Não escrever um romance na «horizontal», com a narrativa de peripécias que entretêm. Escrevê-lo na «vertical», com a vivência intensa do que se sente e perturba. Vergílio Ferreira

Narrativa Diária

Qua | 23.07.14

Guiné Equatorial membro da CPLP

narrativadiaria
(cartoon Luis Afonso)
A Guiné Equatorial é o mais  recente membro de pleno direito da CPLP. A adesão deste país mereceu inicialmente a oposição de Portugal,  que resistiu enquanto pode, acabando depois por ceder.

A recusa de Portugal tinha, de resto, toda a razão de ser, visto que a Guiné Equatorial não só não tem uma ligação histórica com os países da CPLP como, pese embora ter recentemente adotado o português como língua oficial, não possui população nativa lusófona. Contudo, a posição do nosso país alterou-se devido fundamentalmente à pressão de empresas portuguesas com negócios ligados àquela nação africana.

A Guiné Equatorial é uma a ditadura, a mais longa em temos de poder no mundo. É um país onde se pratica sistematicamente tortura em relação aos opositores e dissidentes, onde se fuzilam e executam pessoas e a mutilação genital feminina continua a ser praticada a uma escala muito elevada. Mas também é um país com recursos financeiros e trata-se do terceiro país maior produtor de petróleo africano e isso faz toda a diferença.

Com esta adesão fica provado que a CPLP está refém de fatores que nada têm a ver com a lusofonia ou a cooperação entre países lusófonos, mas sim com interesses económicos que levam a que uma das mais ferozes e corruptas ditaduras africanas seja aceite no seu seio.