Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Narrativa Diária

Não escrever um romance na «horizontal», com a narrativa de peripécias que entretêm. Escrevê-lo na «vertical», com a vivência intensa do que se sente e perturba. Vergílio Ferreira

Narrativa Diária

Qua | 14.05.14

Hoje vou torcer pelo Benfica

narrativadiaria

(imagem do google)

Sou sportinguista de alma e coração. Quem me conhece sabe o quanto gosto do Sporting. Mas o facto de gostar de um determinado clube, não me deixa perder a lucidez. Gosto demasiado de futebol para me deixar cegar por ele. Sei ser justa, sei reconhecer derrotas, sei valorizar vitórias.

É por isso mesmo que me faz alguma confusão as manifestações efusivas que os adeptos dos clubes  portugueses fazem quando outro clube  português é eliminado das competições europeias. Uma coisa é aquele gozo que pode dar em picar os adeptos de clubes rivais. Isso acho divertido, e até acho normal que seja motivo de paródia. Outra coisa, bem diferente, é vir para a rua festejar isso, e fazer da eliminação dos outros motivo de celebração, como aconteceu, há tempos, quando o Benfica foi eliminado pelo Chelsea na Liga dos Campões. Sinceramente acho deplorável!

Das três vezes que o F. C Porto — que é o clube com quem menos simpatizo —  foi a finais europeias, eu torci por eles. Dirão que é um bocadinho contranatura, eu sei,  mas eram oportunidades históricas para o nosso país. Era a imagem de Portugal que estava em causa, e uma vitória de um clube nacional pode significar mais do que muitas campanhas de promoção do país.

Hoje, o Benfica joga a final da Liga dos Campões em Turim contra o Sevilha. E, como afirmou ontem Jorge Jesus, em mais uma pérola que já nos habituou: «se o Benfica ganhar amanhã é vencedor», conquirá mais uma taça, a terceira da época e a confirmação de uma época de sonho para o clube encarnado. Será ótimo para os benfiquistas, mas será ainda melhor para Portugal. Por isso, não consigo deixar de desejar que o Benfica traga de lá a taça. Por isso, força Benfica!