Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Narrativa Diária

Não escrever um romance na «horizontal», com a narrativa de peripécias que entretêm. Escrevê-lo na «vertical», com a vivência intensa do que se sente e perturba. Vergílio Ferreira

Narrativa Diária

Qua | 22.10.14

Liga dos Milhões ou Liga dos Ladrões?

narrativadiaria

roubados.jpg

Inacreditável o que se passou ontem no jogo da Liga dos Campeões entre o Schalke 04 e o Sporting. O Sporting ontem em Gelsenkirchen foi escandalosamente ROUBADO por uns árbitros russos que tudo fizeram para darem a vitória ao Schalke 04.

Na sequência de um segundo amarelo um bocado “forçado” mostrado a Maurício aos 31’, o Sporting que estava na frente do marcador com um golo de Nani, ficou reduzido a dez unidades. Logo a seguir o Schalke empatou de livre com a colaboração de Rui Patrício que fez um “frango” daqueles. Em superioridade numérica os alemães conseguiram marcar mais dois golos, sendo que o segundo foi em fora de jogo.

O Sporting apesar de ter apenas dez jogadores em campo bateu-se bem e até conseguiu empatar a partida por Adrien Silva, para mim o melhor jogador em campo: o primeiro golo nasce de um penálti indiscutível sobre Carrillo e o segundo “de cabeça “no seguimento de um centro perfeito de Cédric.

Eis senão quando, aos 93’, o árbitro de baliza ‘viu’ uma bola no braço de Jonathan e decidiu marcar grande penalidade a favor do Schalke 04, ‘fabricando’ o resultado da equipa alemã.

É simplesmente vergonhoso como um árbitro de baliza, a dois metros do lance, afirme que viu a bola ser cortada pela mão de Jonathan quando se vê perfeitamente que lhe bate na cara.

Esse energúmeno, em vez de dormitar ao pé da baliza, bem que podia simplesmente observar uma repetição televisiva e concluir que a bola foi à cara de e não ao braço. Ainda mais chocante é isto acontecer na maior e mais prestigiada competição de clubes – Liga Milionária - .

E já agora, Sr. Platini, em vez de criar cartões brancos e cinco substituições numa partida, que tal contribuir para que a arbitragem seja justa e punir severamente os árbitros que lesam descaradamente uma equipa em prol de outra?