Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Narrativa Diária

Não escrever um romance na «horizontal», com a narrativa de peripécias que entretêm. Escrevê-lo na «vertical», com a vivência intensa do que se sente e perturba. Vergílio Ferreira

Narrativa Diária

Sab | 24.05.14

Lisboa é hoje «capital do mundo»

narrativadiaria

Chegam aos milhares, em mais de 200 autocarros, cinco ligações especiais de comboio e centenas de voos. O aeroporto de Lisboa vai bater o recorde de tráfego aéreo, com 740 aterragens e descolagens. São nuestros hermanos que vêm a Lisboa para a final da Liga dos Campeões entre o novo campeão espanhol Atlético de Madrid, de Tiago e o Real Madrid, de Cristiano Ronaldo

O ambiente em Lisboa a poucas horas da final é de fiesta. Habitual destino turístico dos espanhóis, a capital portuguesa assinala também este fim-de-semana para além da final da "Champions" - o início da décima edição do Festival Rock in Rio Lisboa, com o britânico Robbie Williams como cabeça de cartaz deste domingo.

Estima-se que esta primeira final dos “Campeões” entre as duas equipas de Madrid proporcione a visita a Lisboa de mais 50 a 60 mil espanhóis que o normal e que tenha um impacto económico global superior a 400 milhões de euros.

As expectativas em torno do encontro são enormes. A poucas horas do jogo, Tiago fala de confiança: «Estamos confiantes, pois temos uma identidade muito forte, como demonstrámos ao longo de toda a época. Estaremos fortes, seremos o Atlético de sempre. O nosso jogo será o mesmo».

Do outro lado vão estar três jogadores que representam a seleção nacional (Cristiano Ronaldo, Fábio Coentrão e Pepe), este último ainda em dúvida para o jogo de logo à noite. Advinha-se uma final renhida. Já se pede 5000 euros por um ingresso.

A fadista Mariza vai atuar na cerimónia de abertura, no Estádio da Luz. Milhares de polícias e uma aeronave não tripulada (drone) que permite monitorizar a cidade a partir do ar vão vigiar milhares de adeptos de futebol. Há vários condicionamentos no trânsito. A PSP aconselha a utilização dos transportes públicos e tanto a Carris e como o Metro reforçaram as ligações. Nas linhas, azul, amarela e vermelha do Metropolitano, vai haver um reforço a partir das 15h00. A Carris também reforçou nove ligações e criou um serviço expresso entre o Rossio e Calhariz do Benfica.

Um evento desta dimensão tem por si só a capacidade de captar os olhares para a cidade que o acolhe e, dada a mediatização do futebol terá certamente um retorno importante na projeção da imagem da capital, a par da dinamização da restauração e da hotelaria.

Para além de significar mais turistas e mais receitas, favorecendo Lisboa e, naturalmente, a economia do país, as equipas presentes na final da Liga do Campeões constituem um mercado importante para promover o sector do turismo. É, sem dúvida, uma boa oportunidade para proporcionar experiências únicas a um número de turistas superior ao habitual, independentemente de já conhecerem a capital portuguesa ou de nos visitarem pela primeira vez.

Lisboa é, cada vez mais, uma cidade aberta ao mundo, com dinamismo e orientação para vivências personalizadas e impossíveis de repetir em qualquer outro local.