Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Narrativa Diária

Não escrever um romance na «horizontal», com a narrativa de peripécias que entretêm. Escrevê-lo na «vertical», com a vivência intensa do que se sente e perturba. Vergílio Ferreira

Narrativa Diária

Dom | 19.01.20

Megexit

narrativadiaria

mw-1280.jpg

Semelhante à composição das palavras British e exit, que criaram o nome Brexit (saída britânica), agora o novo termo é Megexit que significa o afastamento de Meghan Markle da família real.

 

Harry e Meghan surpreenderam tudo e todos quando anunciaram prescindir de ser membros da Família Real britânica. A decisão, que terá caído que nem uma bomba no Palácio de Buckingham, vinha acompanhada de outro esclarecimento: o casal deseja ser financeiramente independente e pretende dividir o seu tempo entre o Reino Unido e o Canadá, onde Meghan Markle vivia antes do casamento com Harry.

 

Na decisão de afastamento terá pesado também o facto de os duques quererem proteger o filho, Archie, dos holofotes da imprensa britânica. Na imprensa, nas ruas e nas redes sociais, muitos britânicos se dizem dececionados com a decisão.

 

A rainha apanhada de surpresa acabou por convocar uma reunião de emergência com o núcleo duro da família real para abordar o futuro papel dos duques na monarquia, anunciando posteriormente um «período de transição» para o casal. O comunicado divulgado este sábado vem esclarecer as condições da relação que Harry e Meghan irão ter daqui para a frente com a família real.

 

Sabe-se agora que Harry e Meghan vão perder os seus títulos reais e o financiamento público que até agora tinham, segundo a decisão da rainha, comunicada pelo Palácio de Buckingham este sábado. «Reconheço os desafios pelos quais passaram em resultado de um escrutínio intenso nos últimos anos e apoio o seu desejo de terem uma vida mais independente», lê-se no comunicado.


Além de perderem os títulos e fundos públicos, os duques de Sussex vão ter de devolver aos contribuintes os 2,4 milhões de libras (cerca de 2,8 milhões de euros) gastos na renovação da sua casa em Berkshire, segundo avançou o casal, citado pela imprensa britânica.


Contudo, é sabido que Harry herdou da mãe cerca de 25 milhões de euros em propriedades e dinheiro. A isto, pode juntar-se metade das jóias da Princesa Diana e ainda uma parte de um fundo deixado pela Rainha Mãe a todos os bisnetos. No total, segundo a Financial Review, a fortuna pessoal de Harry deve rondar os 37 milhões de euros. E há mais cerca de 5 milhões de euros da fortuna que Meghan Markle juntou antes de se casar.


No total, estes 42 milhões de euros deverão chegar para a ter uma vida descansada e sem grandes pressas em arranjar um emprego. Até porque  Harry e Meghan parecem ter o mundo a seus pés com o grande potencial de negócio entre moda, conferências e a sua própria empresa de produção, revela a Reuters. Há ainda a possibilidade de o casal poder vir a ganhar muito dinheiro caso aposte nas redes sociais como modelo de negócio, já que somam 10 milhões de seguidores no Instagram.


Não tenhamos, portanto, pena deles!

 

1 comentário

Comentar post