Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Narrativa Diária

Não escrever um romance na «horizontal», com a narrativa de peripécias que entretêm. Escrevê-lo na «vertical», com a vivência intensa do que se sente e perturba. Vergílio Ferreira

Narrativa Diária

Não escrever um romance na «horizontal», com a narrativa de peripécias que entretêm. Escrevê-lo na «vertical», com a vivência intensa do que se sente e perturba. Vergílio Ferreira

Qui | 07.06.18

Obrigada, Jorge Jesus

jorge_jesus_treinador_do_sporting_adeptos_sporting

 

Jorge Jesus saiu do Sporting e assinou um contrato milionário com o clube saudita Al Hilal.

 

O treinador e a administração da SAD, liderada ainda por Bruno de Carvalho, acertaram, de forma amigável, a rescisão do vínculo válido até ao final da próxima temporada, sem qualquer indemnização de parte a parte. Consta que no Al-Hilal, Jesus vai auferir 7 milhões limpos por ano, mais objetivos.

 

Se a nível desportivo a carreira de Jesus no Sporting foi algo apagada, só conseguindo conquistar uma Supertaça e uma Taça da Liga, a nível pessoal Jorge Jesus teve sempre um comportamento exemplar, colocando os interesses do Sporting acima de tudo. Por isso, Jorge Jesus sai do Sporting pela porta grande.

 

Não exultei com a sua vinda para o Sporting e não fico triste por o ver sair, mas, eu que tantas vezes o critiquei, não posso deixar de reconhecer que nestas últimas semanas o Sporting fica a dever muito a Jesus. Não apenas por ter abdicado daquilo que lhe era devido, financeiramente, mas também porque nestas últimas semanas, difíceis para o clube, ele teve sempre a atitude certa. Mostrou ter elevação, liderança e sportinguismo, características estas que não conseguimos descortinar nos membros da direção do clube leonino.

Desejo-lhe os maiores sucessos lá pelas Arabias.

 

1 comentário

Comentar post