Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Narrativa Diária

Não escrever um romance na «horizontal», com a narrativa de peripécias que entretêm. Escrevê-lo na «vertical», com a vivência intensa do que se sente e perturba. Vergílio Ferreira

Narrativa Diária

Não escrever um romance na «horizontal», com a narrativa de peripécias que entretêm. Escrevê-lo na «vertical», com a vivência intensa do que se sente e perturba. Vergílio Ferreira

Qua | 25.07.18

Portugal presta ajuda internacional no combate aos incêndios

 

fd81dc0f-1132x670.jpg

«Gastamos fortunas a alugar aviões de combate aos fogos florestais e vamos emprestar dois deles à Suécia, em plena época de maior carência? Não percebo.». (Hernâni Carvalho).

 

«Em 2011 imitámos a bancarrota grega de 2010. Agora são os gregos que nos seguem na tragédia assassina dos incêndios descontrolados - muitas dezenas de mortos, autoridades a agirem sem tom nem som, populações abandonadas, enfim... Portugal não é a Grécia, dizia-se, e foi verdade durante alguns anos. Agora é mais difícil não voltar a reconhecer semelhanças indesejáveis.» (Carlos Abreu Amorim).

 

Estas duas frases dizem muito dos seus autores e da sua moral. São de uma insensibilidade e desfaçatez indescritíveis. Apesar das características aparentemente comuns das tragédias grega e portuguesa, igualmente dolorosas, cada situação é específica e não é comparável, muito menos pode ser extrapolada em benefício argumentativo sob pena de se cair em populismos e demagogia.

 

A solidariedade para com a Suécia é uma atitude acertada. Este é o espírito que deve presidir na UE. Hoje eles, amanhã nós.Tudo o que se pede, neste momento, é respeito, decência e solidariedade para com o povo grego e sueco.

 

Neste momento só podemos dar graças a Deus que este ano, fruto deste Verão atípico, não nos tenhamos confrontado, e esperemos que assim continue, com o flagelo dos incêndios. 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.