Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Narrativa Diária

Não escrever um romance na «horizontal», com a narrativa de peripécias que entretêm. Escrevê-lo na «vertical», com a vivência intensa do que se sente e perturba. Vergílio Ferreira

Narrativa Diária

Não escrever um romance na «horizontal», com a narrativa de peripécias que entretêm. Escrevê-lo na «vertical», com a vivência intensa do que se sente e perturba. Vergílio Ferreira

Sex | 25.07.14

Ricardo Salgado libertado sob caução de 3 milhões de euros

 

 (imagem Henricartoon)

Como se sabe Ricardo Salgado foi libertado mediante o pagamento de uma caução de três milhões de euros. Segundo a PGR está em causa a «eventual prática de crimes de burla, abuso de confiança, falsificação e branqueamento de capitais». Ora este é um valor exorbitante, o valor mais alto alguma vez aplicado em Portugal e como tal causou alguma perplexidade.

O advogado Carlos Pinto Abreu esclareceu na Sic Notícias como se apura este valor. Assim, o valor da caução é definido não só com base «na gravidade dos ilícitos» mas também com «a possibilidade do arguido poder ou não em relação a um determinado montante sentir-se mais constrangido a cumprir os seus deveres processuais». Contudo o valor solicitado pode ser alvo de recurso, explica.

O advogado esclareceu ainda que Ricardo Salgado tem 10 dias para pagar a caução e pode fazê-lo adotando várias formas: através de garantia bancária ou seguro de caução; valor em numerário, através de uma hipoteca ou um qualquer título que possa ser entregue como garantia. Será que o papel comercial da Rioforte também poderá servir como garantia?

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.