Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Narrativa Diária

Não escrever um romance na «horizontal», com a narrativa de peripécias que entretêm. Escrevê-lo na «vertical», com a vivência intensa do que se sente e perturba. Vergílio Ferreira

Narrativa Diária

Não escrever um romance na «horizontal», com a narrativa de peripécias que entretêm. Escrevê-lo na «vertical», com a vivência intensa do que se sente e perturba. Vergílio Ferreira

Seg | 19.03.18

Sporting 2 - 0 Rio Ave

DYmntRxWAAAqvlf.jpg

 

Estava com um certo receio deste jogo do Sporting frente ao Rio Ave, depois daquele jogo confrangedor na República Checa, 72 horas antes.

 

Embora jogássemos em casa, o Rio Ave é sempre um adversário de respeito. Tem vindo a fazer um campeonato competente, é uma equipa bem organizada e está em 5º lugar.

 

Mas o Sporting fez um bom jogo, um dos melhores desta segunda volta. Marcámos dois golos, num jogo em que podíamos ter goleado, tal foi o caudal ofensivo dos leões. Gelson, Bruno Fernandes, William Carvalho e Bas Dost destacaram-se pela positiva em noite de homenagem a Peyroteo.

 

Com Battaglia no meio campo a libertar William e Bruno Fernandes para as funções de construção e com os jogadores a fazer uma pressão alta forte desde a primeira fase de construção, o futebol do Sporting ganha uma outra dimensão, tornando-se mais eficaz. Espero que o treinador mantenha esta estrutura para o que falta da época.

 

Nota negativa para a equipa de arbitragem. Rui Costa apitou faltas a despropósito, cortando ataques conduzidos por Bruno Fernandes, Rúben Ribeiro e Gelson Martins, não assinalou um penalti sobre Bruno Fernandes e o seu auxiliar marcou foras de jogo inexistentes, prejudicando claramente a nossa equipa.

 

Agora é descansar e preparar o próximo embate com o Braga que não vai ser fácil.

1 comentário

Comentar post