Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Narrativa Diária

Não escrever um romance na «horizontal», com a narrativa de peripécias que entretêm. Escrevê-lo na «vertical», com a vivência intensa do que se sente e perturba. Vergílio Ferreira

Narrativa Diária

Seg | 04.02.19

Sporting 2 - 4 Benfica

narrativadiaria

800.jpg

O Sporting foi ontem humilhado em Alvalade, não há outra forma de dizer isto. Era previsível que perdessemos pontos frente ao Benfica, mas não daquela forma deplorável. Há 28 jogos que o SCP não perdia em casa. Ontem sofreu quatro golos, mas podia ter sofrido mais, tal o caudal ofensivo do Benfica. Já nem tinha memória de um derby tão desnivelado. O Benfica foi avassalador.

 

Entramos mal, como aliás tem sido apanágio nos últimos jogos. A mediocridade de Renan, Bruno Gaspar, André Pinto, Jefferson e Gudelj, até à falta de noção da realidade de Marcel Keizer ficaram ontem mais que evidentes. O nosso meio campo foi literalmente engolido pelo Benfica. O quarteto defensivo, extremamente frágil, mais uma vez claudicou e comprometeu.

 

Individualmente só Bruno Fernandes (embora muito quezilento para capitão) e Wendel se destacaram da restante equipa. Tentaram levar a equipa para a frente, fazer circulação de bola, mas quando os outros elementos não estão em sintonia, não há como evitar este desfecho. Raphinha esteve mais interessado em picardias do que em ultrapassar Grimaldo e recuperar bolas e Bas Dost? Bom, Dost foi Dost: não desequilibra, não faz pressão, apenas sabe pegar na bola e marcar penaltis. Uma desilusão.

 

Pergunta-se: o Doumbia não fez uma boa exibição em Setúbal? Porque raio é que nem no banco se senta? Acuna na bancada? Mas já foi vendido? Jovane e Miguel Luís estavam a jogar bem e desaparecem do nada para dar lugar a Petrovic? Tirar Nani para entrar Diaby? Mas Diaby é avançado não é extremo. Não se percebe por que é que as aquisições de janeiro não jogaram ontem?

 

Quanto a Marcel Keizer começa a ter tarefa cada vez mais complicada. Ontem já viu lenços brancos em Alvalade. Pegou num clube na luta por todas as competições, a dois pontos do líder no campeonato, começou por impressionar com bom futebol, muitos golos, mas foi perdendo gás e atualmente está em modo Peseiro. Não roda a equipa, aposta sempre nos mesmos, faz convocatórias estranhas e onzes não menos estranhos. Tem jogadores fetiche como Petrovic e Diaby,  lançados em quase todos os jogos (ontem a perdermos por 4-1, ainda hesitou em lançar Petrovic). Mexe na equipa a 15 minutos do fim e mal. Assim não!

 

Já que o campeonato acabou, é urgente preparar a próxima época. É fundamental que se aposte em Thierry, Ilory, Borja, Bruno Paz, Doumbia, Miguel Luís e Luiz Phellype em detrimento de Petrovic, Gaspar, Gudelj, André Pinto e quejandos.

 

Na próxima 4º feira entram em campo as mesmas equipas, desta vez para a Taça de Portugal. Seria acertado dar oportunidades a Salin, Ilori, Miguel Luís, Francisco Geraldes, Jovane, Doumbia e Luiz Phellype, mesmo que voltemos a perder.

1 comentário

Comentar post