Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Narrativa Diária

Não escrever um romance na «horizontal», com a narrativa de peripécias que entretêm. Escrevê-lo na «vertical», com a vivência intensa do que se sente e perturba. Vergílio Ferreira

Narrativa Diária

Qui | 11.12.14

Sporting fora da Champions

narrativadiaria

chelsea.png

Já sabíamos que para José Mourinho não há jogos para cumprir calendário. Mourinho joga sempre para ganhar e não gosta de perder nem a feijões. É justamente esta mentalidade o que o torna um treinador especial. Por isso, o jogo contra o Chelsea não afigurava tarefa fácil, até porque a diferença de qualidade entre as duas equipas é por de mais evidente.

Sporting perdeu em Stamford Bridge e com a vitória do FC Schalke 04 frente ao Maribor ficou fora da Champions League. Para nos apuramos para os oitavos de final seria preciso os alemães perdessem ou empatassem, o que não aconteceu.

Sinceramente, não gostei do onze inicial que Marco Silva escalonou para defrontar o Chelsea. Na minha opinião, Mané e Montero deveriam ter sido titulares. A equipa leonina entrou mal, e logo aos 8 minutos Ricardo Esgaio numa jogada infantil fez grande penalidade e comprometeu o resultado. Aos 15 minutos o Sporting já perdia por 2-0 (André Schürrle marcou o segundo golo para os blues).

Sem Nani, André Carrilho assumiu as despesas do jogo, mas foi insuficiente para sozinho conseguir chegar ao empate. Jonathan Silva ainda reduziu no início do segundo tempo, mas a desvantagem voltou a acentuar-se com o Chelsea a chegar aos 3-1 num lance de bola parada. A partir daí o Chelsea pegou no jogo e o SCP teve sérias dificuldades em chegar perto da baliza do Petr Cech.

Marco Silva ainda fez algumas substituições tirou Capel, que esteve muito mal e fez entrar Mané; saiu também William Carvalho, que esteve longe do seu desempenho habitual, dando lugar a Montero. Mas hoje o meio campo do Sporting não funcionou bem, à exceção de Adrien Silva, e o empate escapou os leões.

O Sporting está fora da Liga dos Campeões, com o roubo no jogo da primeira volta, na Alemanha, frente ao Schalke (derrota por 4-3).

Segue-se agora para a Liga Europa que economicamente é menos rentável mas desportivamente está mais ao alcance do Sporting.