Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Narrativa Diária

Não escrever um romance na «horizontal», com a narrativa de peripécias que entretêm. Escrevê-lo na «vertical», com a vivência intensa do que se sente e perturba. Vergílio Ferreira

Narrativa Diária

Sab | 15.08.15

Sporting garante vitória nos descontos

narrativadiaria

joao mario.png

O campeonato nacional de futebol começou ontem, em Aveiro, com o Tondela e o Sporting a abrir as hostilidades na primeira jornada da nova época 2015/16.

Depois de um defeso movimentado e atípico (com a mudança de Jorge Jesus de Carnide para Alvalade e o mercado das transferências ao rubro) e ainda com o rescaldo da Supertaça como pano de fundo, recheada com as habituais picardias, a coisa prometia.

Jorge Jesus colocou em jogo o mesmo 11 que venceu a Supertaça. O Tondela até entrou bem no jogo, surpreendendo nos primeiros dez minutos, fazendo pressão sobre o Sporting, mas depois o SCP pegou no jogo, equilibrou, e a meio da primeira parte João Mário apontou o primeiro golo no jogo, colocando o Sporting em vantagem.

Até ao final da primeira parte «só deu Sporting», com grandes oportunidades de golos, movimentações rápidas, mas falhando, contudo, na finalização. Ao intervalo o marcador indicava 1-0, sendo notoriamente escasso para aquilo que o SCP tinha feito na primeira parte

Na segunda parte veio a surpresa do jogo. O SCP baixou o ritmo de jogo e após um livre indireto a favor do Tondela, numa bola batida para a pequena área, um jogador do Tondela joga a bola para o fundo das redes do SCP, mas com a ajuda do braço. O golo nasce de um livre que devia ter sido marcado a favor do Sporting, pois Naldo sofre falta do adversário, que o agarra depois de ele ter ganhado posição. Mas a equipa de arbitragem assim não entendeu e o golo foi validado.

O Sporting bem tentou colocar-se novamente em vantagem, mas a defesa do Tondela opôs-se bem, e só nos últimos minutos de compensação o Sporting conseguiu ganhar uma grande penalidade, por falta indiscutível de Murillo sobre Gelson Martins que havia entrado no segundo tempo, todavia precedida de uma irregularidade, já que João Pereira lança a bola com um pé no relvado.

Adrien Silva marcou a grande penalidade de forma irrepreensível, colocando a equipa comandada por JJ em vantagem. O Sporting mereceu vencer o jogo, foi a equipa que mais procurou a vitória. O Tondela jogou nos minutos finais claramente para o empate, tentando bloquear todos os ataques do Sporting, o que em parte conseguiu, mas quando tinha oportunidade de contra-atacar fazia com algum perigo.

O Sporting sofreu muito para conseguir alcançar os primeiros três pontos na primeira jornada do campeonato. O Tondela foi uma equipa bem organizada, que mostrou aspetos táticos interessantes, num jogo que pecou pela má arbitragem de Carlos Xistra.

O próximo jogo do Sporting é já na próxima 3ª feira frente ao CSKA Moscovo para a 1° mão do Play Off da Liga dos Campeões. Será muito importante passar a eliminatória na Liga dos Campeões. Para isso, teremos de eliminar o CSKA de Moscovo, de má memória para nós sportinguistas. Se tal acontecer, o Sporting fará um encaixe financeiro de treze milhões de euros, recuperando praticamente o investimento realizado nesta época.

 

1 comentário

Comentar post