Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Narrativa Diária

Não escrever um romance na «horizontal», com a narrativa de peripécias que entretêm. Escrevê-lo na «vertical», com a vivência intensa do que se sente e perturba. Vergílio Ferreira

Narrativa Diária

30.11.14

Álvaro acusa Portas de intriga e chantagem

narrativadiaria
Álvaro Santos Pereira lançou um livro com o título ‘Reformar sem medo’, que chegou na passada sexta-feira às livrarias, onde faz revelações surpreendentes (ou não) sobre Paulo Portas. O antigo responsável pela pasta da Economia refere como viveu os primeiros dias de Julho de 2013 quando ainda estava no governo. O timing da (...)
11.01.14

Troika recompensa governo

narrativadiaria
   (fonte) A submissão de Passos Coelho e da sua "equipa" aos interesses da troika começa a produzir os seis efeitos. Alguns dos ex-ministros desta maioria começaram a ser recompensados por algumas das instituições políticas e financeiras internacionais que têm (...)
27.07.13

O fim dos Superministérios

narrativadiaria
«Vamos apresentar um Governo historicamente pequeno e sem paralelo na história em Portugal», disse Passos Coelho em 2011 quando tomou posse. Se no início Passos Coelho defendeu um Governo curto e com dois superministérios - Economia e Ambiente – este novo ciclo acaba com o excesso de pastas sob a mesma tutela. O Ministério de Assunção Cristas perde o Ambiente que passa para Jorge Moreira da Silva. A polémica pasta da energia - que levou à primeira demissão no Governo com a (...)
24.07.13

Interesses e as Negociatas

narrativadiaria
Ainda o novo governo não tomou posse e já está envolto em polémica. Quem o diz é João Gonçalves, assessor do Ministro da Economia demissionário, que colocou ontem  na sua página do facebook o seguinte  comentário: «desta vez não é o PR nem o PM que anunciam uma remodelação em primeira mão. São os interesses e as negociatas. Álvaro Santos Pereira - que comete o crime da independência - é removido por eles do Ministério da Economia e do Emprego. Boa tarde e boa sorte» (...)
09.07.13

«O ministro do pastel de nata»

narrativadiaria
Quando Pedro Passos Coelho anunciou a formação do Governo surpreendeu com escolha para a pasta da Economia. Foi com espanto que vimos entregar a um académico, vindo do Canadá, sem qualquer experiencia política, um superministério. Além da Economia e do Emprego, Santos Pereira ficou com a tutela da Energia, Turismo, Obras Públicas, Transportes e Comunicações, (...)