Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Narrativa Diária

Não escrever um romance na «horizontal», com a narrativa de peripécias que entretêm. Escrevê-lo na «vertical», com a vivência intensa do que se sente e perturba. Vergílio Ferreira

Narrativa Diária

Não escrever um romance na «horizontal», com a narrativa de peripécias que entretêm. Escrevê-lo na «vertical», com a vivência intensa do que se sente e perturba. Vergílio Ferreira

26.11.19

Fora de prazo

As divergências entre Joacine Katar Moreira e o partido que representa, o Livre, foi notícia em toda a imprensa no último fim de semana, e parece que os dois continuam de costas voltadas. Parece-me que o apoio do Livre a Joacine tem os dias contados.   Soube-se hoje que o partido falhou a entrega do seu projeto sobre a lei da nacionalidade, um tema que Joacine Katar Moreira tornou uma das bandeiras do partido durante a campanha para as eleições legislativas.   Em causa está a (...)
07.05.19

O Silêncio de Marcelo

E Marcelo Rebelo de Sousa? o que pensa da atual crise política em que o país supostamente mergulhou? O Presidente sempre tão prolixo remeteu-se agora ao um profundo silêncio.   «O Presidente, ciente do poder que lhe cabia no desfecho desta crise, remeteu-se ao silêncio. Ainda bem. Mas isso não significa que tivesse sido apanhado de surpresa. Marcelo Rebelo de Sousa partiu para a China com uma ameaça velada – afirmada e desmentida por fontes do Governo – de que o (...)
06.12.18

Viagens dos deputados fora de controlo

Depois de ter vindo a público que os deputados da Assembleia da República partilhavam as passwords e com isso validavam as presenças nos plenários, vem agora o Tribunal de Contas (TC) alertar para a falta de fiscalização no que respeita às viagens dos deputados.   O TC alerta para riscos de fraude na utilização de subsídios pagos a deputados. Em causa, está um seguro de saúde, alegadamente ilegal, e a falta de controlo às viagens feitas pelos deputados das regiões (...)
30.11.17

Belmiro de Azevedo (1938-2017)

    Morreu Belmiro de Azevedo, um dos grandes empresários portugueses e um dos homens mais ricos do país. Dono de uma personalidade e frontalidade única, exemplo de criatividade e inovação e com uma visão bem à frente do seu tempo, Belmiro de Azevedo foi e será sempre uma verdadeira referência no panorama empresarial, tanto a nível nacional como internacional.   Construiu o maior grupo empresarial português e tornou-se o maior empregador privado do País. Através do Grupo (...)
12.07.17

Copy Paste

Hoje,quando discursava no Parlamento, aquando do debate da Nação, Passos Coelho usou várias passagens de uma publicação que o seu ministro-adjunto e do Desenvolvimento Regional, Miguel Poiares Maduro havia postado, ontem, no Facebook, sem nunca citar o seu autor.   Bem sei que Passos estava autorizado por Poiares Maduro a fazê-lo, porém, dado que o (...)
10.03.17

Duelo Parlamentar

    Pedro Passos Coelho e António Costa voltaram a ter um momento de elevada crispação com troca de acusações duras, respaldados nos líderes dos respetivos grupos parlamentares. Os SMS, as offshores, os números do crescimento e a igualdade de género, o governador do BdP foram assuntos que dominaram o debate   Passos Coelho acusou o primeiro-ministro de querer «enlamear o anterior governo» no caso dos offshores quando sobre esta matéria, na opinião do próprio, «não (...)
26.02.17

Paulo Núncio assume responsabilidade política no caso das offshores

O antigo secretário de Estado dos Assuntos Fiscais Paulo Núncio assumiu ontem a sua «responsabilidade política» pela não publicação de dados relativos às transferências de dinheiro para offshores, pedindo o abandono das suas funções atuais no CDS-PP, depois de José Azevedo Pereira, responsável pela Autoridade Tributária à época, vir desmentir o Paulo Núncio, atribuindo-lhe a responsabilidade pela não publicação das estatísticas sobre transferências no valor de dez (...)
01.02.17

Sobre a morte medicamente assistida

  A Assembleia da República vai debater hoje uma petição do movimento cívico «Direito a Morrer com Dignidade» que defende a despenalização da morte assistida em Portugal.   O tema é polémico e tem dividido opiniões. Não tenho ainda uma opinião formada e definitiva sobre o tema, aliás como a maioria da população portuguesa, razão pela qual se deve lançar um debate alargado como bem sugeriu o Presidente da República.   Em todo o caso, julgo que há mais argumentos (...)
18.01.17

Um clássico!

   Assunção Cristas, líder do CDS-PP, ontem, no debate quinzenal no parlamento, esqueceu por momentos o radicalismo amoroso e os valores cristãos, e num estilo trauliteiro e grosseiro acusou o primeiro-ministro de mentir sobre a assinatura do acordo de concertação social.   António Costa disse-lhe, e bem, que o acordo de concertação social estava assinado, porque o governo já o tinha feito e o documento estava a circular para recolha das restantes assinaturas. (...)