Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Narrativa Diária

Não escrever um romance na «horizontal», com a narrativa de peripécias que entretêm. Escrevê-lo na «vertical», com a vivência intensa do que se sente e perturba. Vergílio Ferreira

Narrativa Diária

Não escrever um romance na «horizontal», com a narrativa de peripécias que entretêm. Escrevê-lo na «vertical», com a vivência intensa do que se sente e perturba. Vergílio Ferreira

19.02.17

As quintas feiras de Cavaco

  Não li o livro de Cavaco Silva, nem tenciono ler, mas a julgar por alguns excertos que vão saindo na imprensa, são ilustrativos e demonstram bem o carácter do seu autor. A começar pelo título: «quinta-feira e outros dias».   Cavaco igual a si próprio. Vingativo, mesquinho. O livro não é mais do que um ajuste de contas camuflado com Sócrates.   Segundo a imprensa, Cavaco descreve as reuniões sonolentas com Mário Soares; os reiterados atrasos de Sócrates, em quem Cavaco (...)
30.09.16

Mirós ficam em Serralves

O governo de Passos Coelho preparava-se para leiloar a coleção de 85 quadros Joan Miró, na posse do Estado desde a nacionalização do BPN, através da leiloeira Christie's, em Londres. A decisão como se sabe não foi pacífica e o coro de críticas não tardou. Foram interpostos processos pelo Ministério Público contra a saída das obras de (...)
29.09.15

Governo mascarou défice de 2012

Ouvi hoje de manhã na Antena 1 que Maria Luís Albuquerque soube que a Parvalorem (empresa pública responsável por gerir o buraco do BPN) ia ter perdas de 577 milhões de euros, em créditos em risco de incumprimento. Confrontada com esta notícia a então secretária de Estado do Tesouro e atual ministra das Finanças deu (...)
02.05.15

O primeiro-ministro elogiou publicamente Dias Loureiro

Tive que ouvir duas vezes pois não queria acreditar. Passos Coelho foi inaugurar uma queijaria industrial em Aguiar da Beira. De repente, olha, dá de caras com Dias Loureiro e, com o sentido de oportunidade que todos lhe conhecemos, diz o que lhe vai na alma a propósito desse «empresário bem-sucedido», que «conheceu mundo» e que nos ensina que para vencer na vida temos que ser «exigentes e metódicos». Ficamos, pois,  a saber que se quisermos vencer na vida e chegar longe, (...)
30.07.14

Poderão os depositantes do BES estar tranquilos?

   (imagem do google) A turbulência vivida pelo Grupo Espirito Santo (GES) em geral e pelo BES em particular tem levado muitos dos depositantes do banco, nos quais me incluo, a questionarem se deverão ou não manter as suas poupanças depositadas naquele banco. Esta é naturalmente uma pergunta legítima e compreensível, face à instabilidade e incerteza  daquela instituição e que (...)
01.04.14

O oportunismo de Durão Barroso

  «Eu, francamente, não tenho qualquer intenção de ser candidato a Presidente», afirmou Durão Barroso em entrevista ao Expresso e à SIC Notícias. Pois… nós sabemos, em 2004 também não tinha qualquer intenção de ser Presidente da Comissão Europeia e o certo é que , pela calada, como quem não quer a coisa, deixou o país às mãos de Santana Lopes e saltou para Bruxelas.
15.02.14

Vende-se, chave na mão

   (IMAGEM RETIRADA DO GOOGLE) «Vende-se inocência para pequenos e grandes devedores fiscais. Bom negócio, oferta de juros e coimas. Quem quer? Arrematado: encaixe de 1,3 mil milhões de euros, desconto de 500 milhões. Siga para bingo. Promoção especial para passageiros frequentes para a Suíça: vende-se regularização de dinheiro não declarado no estrangeiro. Lavagem (...)
04.02.14

Um país surreal: os quadros de Miró

O governo preparava-se para leiloar a coleção de 85 quadros Joan Miró, na posse do Estado desde a nacionalização do BPN, através da leiloeira Christie's, em Londres, sendo a sua base de licitação de 35,9 milhões de euros, a fim de “aliviar” a situação económica do país. A decisão do executivo não foi pacífica, suscitando um coro de indignação, primeiro nas redes (...)