Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Narrativa Diária

Não escrever um romance na «horizontal», com a narrativa de peripécias que entretêm. Escrevê-lo na «vertical», com a vivência intensa do que se sente e perturba. Vergílio Ferreira

Narrativa Diária

12.12.14

TAP - Take another plane

narrativadiaria
Os sindicatos que representam os trabalhadores da TAP decidiram avançar com uma greve de quatro dias, entre 27 e 30 de Dezembro. Num comunicado conjunto, a plataforma que reúne os 12 sindicatos da TAP referiu que a greve tem como objetivo «sensibilizar o Governo para a necessidade de travar o processo de privatização». A TAP sempre foi uma empresa (...)
05.09.14

O que se passa com a TAP?

narrativadiaria
Desde o início do ano, a TAP, que opera com 67 aviões, registou 11 incidentes técnicos, o equivalente a 15% da sua frota. Se estes dados podem ser alarmantes, mais serão quando comparados com as estatísticas da British Airways, Lufthansa, Iberia ou EasyJest, companhias com maior frota mas que registam um número três vezes inferior de incidentes. Os responsáveis da TAP vem (...)
17.05.14

Adeus, Troika

narrativadiaria
   (imagem do Público) Termina hoje, formalmente, o período de vigência do Programa de Ajustamento acordado em 2011 entre o governo português e a troika. Esta intervenção externa aconteceu porque o Estado português deixou de poder financiar-se nos mercados. Três anos volvidos e aqui chegados, após o cumprimento do programa o que verificamos? Que nada de estrutural foi alterado, (...)
06.03.14

A moda da Marmita

narrativadiaria
Os cortes nos salários e toda a conjuntura económica trouxeram a «moda da marmita», que tem mais adeptos a cada dia que passa. As marmitas são a forma mais prática de levarmos almoços e/ou lanches para o trabalho. É uma moda que pegou, e quero acreditar que a causa não seja (...)
28.02.14

Vai um Café?

narrativadiaria
  (imagem do google) O hábito de tomar um café é muito comum na sociedade atual. O café é dos elementos que mais se adequa a cada estilo de vida. Aromático, forte e tradicional, o café já é parte indispensável da nossa vida, faça chuva ou faça sol. Poucas bebidas são tão estimulantes e reconfortantes como um café. Há sempre um bom pretexto ou qualquer circunstância é (...)
15.02.14

Vende-se, chave na mão

narrativadiaria
   (IMAGEM RETIRADA DO GOOGLE) «Vende-se inocência para pequenos e grandes devedores fiscais. Bom negócio, oferta de juros e coimas. Quem quer? Arrematado: encaixe de 1,3 mil milhões de euros, desconto de 500 milhões. Siga para bingo. Promoção especial para passageiros frequentes para a Suíça: vende-se regularização de dinheiro não declarado no estrangeiro. Lavagem (...)
06.01.14

«Mudar de paradigma político»

narrativadiaria
Mudar de paradigma político , Paulo Trigo Prereira, Público , 5.01.2014 «O paradigma político que levou Portugal à situação presente deriva dum deficiente funcionamento do sistema político, e dos partidos, caracterizado por alternância democrática entre partidos fechados, sem linhas programáticas sólidas, com informação assimétrica sobre os dados do país, (...)
08.11.13

Subiu o número de milionários em Portugal

narrativadiaria
O banco suíço UBS divulgou, ontem, o «Relatório de Ultra Riqueza no Mundo 2013» que assegura que em Portugal não só cresceu o número de multimilionários como aumentou o valor global das suas fortunas, de 90 para 100 mil milhões de dólares (mais 11,1%). Apesar da crise, o número de multimilionários em território nacional – com fortunas superiores a 25 milhões de euros – aumentou 10,8% para 870 pessoas no último ano. O país da Europa que soma mais multimilionários é a (...)
14.10.13

A propósito, Dr. Jorge Sampaio

narrativadiaria
Jorge Sampaio foi o convidado do programa «A propósito» da SIC Noticias. Em entrevista consedida a António José Teixeira, o antigo Presidente da República criticou o presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso e a diretora-geral do FMI, Christine Lagarde, por estes criticarem as decisões   do Tribunal Constitucional em Portugal. «Repudio isso de uma forma frontal. Temos que ter um assomo patriótico das decisões que são tomadas, criticá-las, quando for caso disso, (...)