Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Narrativa Diária

Não escrever um romance na «horizontal», com a narrativa de peripécias que entretêm. Escrevê-lo na «vertical», com a vivência intensa do que se sente e perturba. Vergílio Ferreira

Narrativa Diária

Não escrever um romance na «horizontal», com a narrativa de peripécias que entretêm. Escrevê-lo na «vertical», com a vivência intensa do que se sente e perturba. Vergílio Ferreira

03.10.19

Morreu Freitas do Amaral (1941-2019)

  Morreu Diogo Freitas do Amaral, 78 anos. Foi professor universitário, deputado e ministro dos Negócios Estrangeiros.   Foi assistente e professor de Direito Administrativo da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, obtendo o título professor catedrático em 1983. Em 1996, foi cofundador e primeiro diretor da Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa, onde passou a lecionar, até 2007.   Na política, foi uma figura incontornável da história da democracia em (...)
06.09.19

Robert Mugabe (1924-2019)

  Morreu hoje Robert Mugabe o antigo ditador do Zimbabwe. Morreu bilionário, no seu exílio luxuoso de Singapura, aos 95 anos.   O seu percurso biográfico é comum ao de muitos ditadores africanos. Mugabe começou por ser um herói da luta africana pela libertação da minoria branca que governava a então Rodésia mas, à semelhança de outros governantes, acabou por resvalar pelo caminho da tirania, corrupção e violência e não desistiu até instalar um regime de partido único. (...)
03.06.19

Agustina Bessa-Luís (1922-2019)

Morreu Agustina Bessa-Luis. Tinha 96 anos. A escritora nasceu em Vila Meã, Amarante, a 15 de outubro de 1922. O nome de Agustina Bessa-Luís tornou-se mais conhecido em 1954, com a publicação do romance A Sibila, que lhe valeu os prémios Delfim Guimarães e Eça de Queiroz e que constam de uma lista de galardões que inclui igualmente o Grande Prémio de Romance e Novela, da Associação Portuguesa de Escritores em 1983, pela obra Os Meninos de Ouro, prémio esse que voltou a receber (...)
31.03.19

O que Portugal perdeu

Vale muito a pena ler este texto do Ferreira Fernandes sobre o João Vasconcelos:   «Eu escrevo, assim: "João Vasconcelos, ex-secretário de Estado da Indústria, morreu." Primeiro, o nome do homem extraordinário, para que se saiba logo a extensão da perda; e, de seguida, nunca escondendo a palavrinha fundamental que deixei escrita na frase do meu anúncio: ex. É, temos de pensar na palavrinha.   Ex, pois. Quando o João Vasconcelos morreu aos 43 anos, nesta semana, era um ex há (...)
18.11.18

General Loureiro dos Santos

Morreu ontem o General Loureiro dos Santos. Nascido há 82 anos, em Trás-os-Montes,  elogiado por todos, designadamente nos pós-25 de Abril, pela participação na vida política,  na consolidação do regime democrático e pela sua capacidade de análise e decisão nas áreas  da geoestratégia e da geopolítica. Militar do ramo de artilharia, Loureiro dos Santos foi vice-Chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas e posteriormente Chefe do Estado-Maior do Exército. Foi (...)
01.10.18

Charles Aznavour (1924-2018)

  Cantor, ator e compositor francês de origem arménia, apontado pela imprensa como uma lenda viva da chanson française, Charles Aznavour nasceu em Paris em 22 de maio de 1924 com o nome de Shahnour Vaghinagh Aznavourian, e morreu esta segunda-feira, aos 94 anos, na sua residência no Sul de França.   Em 1997, a França reconheceu o papel do músico na história da canção francesa, distinguindo-o com o grau de Oficial da Legião de Honra.    Charles Aznavour foi embaixador (...)
16.08.18

«RESPECT»

No mesmo dia em que Madonna, a Rainha da Pop, celebra o seu 60º aniversário, morre aos 76 anos a cantora e compositora americana Aretha Franklin, considerada a Rainha do Soul.   Aretha Franklin teve uma carreira de mais de 60 anos, durante a qual ganhou 18 Grammy e foi a primeira mulher a entrar para o Rock and Roll Hall of Fame em 1987, tendo figurado inúmeras vezes nas listas dos melhores cantores de sempre.  «Respect» «You make me feel like a natural woman», «Day Dreaming», (...)
17.07.18

Morreu João Semedo

Morreu hoje o dirigente bloquista João Semedo, ao fim de alguns anos de luta contra um cancro nas cordas vocais. Tinha 67 anos. Médico de formação, assumiu publicamente que preferia a política à medicina, porque a política trata «a sociedade mais do que as pessoas».   Uma das suas últimas iniciativas foi o lançamento do livro «Salvar o SNS - Uma nova lei de bases da Saúde para defender a democracia», em janeiro deste ano, conjuntamente com António Arnaut, que também (...)
22.05.18

António Arnault - 1936-2018

 Morreu hoje António Arnaut, advogado, um dos fundadores do PS, atual Presidente honorário do partido.   Arnaut foi autarca em Penela, de onde era natural, dirigente da Ordem dos Advogados, deputado à Constituinte, deputado à Assembleia da República, vogal do Conselho Superior da Magistratura, e Grão-Mestre da Maçonaria entre 2002 e 2005. Fundou e dirigiu a Associação Portuguesa de Escritores Juristas. Publicou oito livros de poesia, quatro romances, dois contos e quinze (...)