Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Narrativa Diária

Não escrever um romance na «horizontal», com a narrativa de peripécias que entretêm. Escrevê-lo na «vertical», com a vivência intensa do que se sente e perturba. Vergílio Ferreira

Narrativa Diária

Não escrever um romance na «horizontal», com a narrativa de peripécias que entretêm. Escrevê-lo na «vertical», com a vivência intensa do que se sente e perturba. Vergílio Ferreira

27.12.16

Marcelo reage à morte de George Michael

  O Presidente da República publicou esta segunda-feira na página oficial da Presidência uma nota onde lamenta a morte de George Michael, a quem classifica como «um compositor versátil e talentoso, com uma carreira de inequívoca qualidade».   Uma coisa era ter dito uma ou duas palavras de circunstância, coisa diferente é usar a página oficial da Presidência da República para lamentar a morte do cantor e, neste ponto tenho que concordar com Miguel Sousa Tavares que (...)
18.12.16

Marcelo tenta evitar fecho da Cornucópia

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, compareceu no espetáculo de encerramento do Teatro da Cornucópia e serviu de mediador numa conversa entre o fundador e diretor do Teatro da Cornucópia, Luís Miguel Cintra, e o ministro da Cultura para evitar o fim desta companhia. O Chefe de Estado defendeu um «estatuto de exceção» para o teatro.   Marcelo, neste afã de estar em todo o lado, exorbitou, uma vez mais, as suas competências presidenciais, colocando o Ministro da (...)
03.09.16

O presidente que temos

  «Criticar alguém que se encontra no topo da popularidade não é fácil. O Presidente da República bate hoje todos os recordes de popularidade, beneficiando quer de qualidades que lhe são próprias, quer do contraste com o Presidente anterior, quer da actual conjuntura política, em que ele aparece como um moderador (...)
25.05.16

Marcelo impõe prazo de validade a António Costa

Marcelo não foge dos microfones: comenta a atualidade, responde a perguntas, dá notícias e diz o que deve e o que não deve. Na verdade o Presidente da República (PR) ainda não conseguiu despir a pele de comentador o que por vezes cria situações algo embaraçosas. Marcelo Rebelo de Sousa voltou ao seu lado de comentador político, com uma tirada (...)
02.04.16

Constituição da República celebra 40 anos

A Constituição da República Portuguesa de 1976 foi redigida pela Assembleia Constituinte eleita na sequência das primeiras legislativas realizadas em Portugal no período democrático, em 25 de abril de 1975, um ano depois da revolução. Foi a 2 de abril de 1976 que os deputados terminaram a elaboração do (...)
23.03.16

Ataques terroristas em Bruxelas

  Ontem Bruxelas acordou em sobressalto depois dos ataques terroristas voltarem a ensombrar Europa. Três explosões na capital belga fizeram soar os alarmes e provocaram a morte a 34 pessoas. O governo belga já confirmou as vítimas mortais nas explosões no aeroporto de Zaventem, o principal do país, a que se juntam 200 feridos. Já na (...)
10.03.16

O Presidente dos afetos

Esta fotografia de Marcelo Rebelo de Sousa na Praça do Município a assistir ontem ao concerto abraçado a um miúdo, visivelmente feliz, resume bem o epiteto de o «Presidente dos Afetos». Os afetos serão a pedra de toque do estilo que Marcelo quer levar para Belém, para além da proximidade, simplicidade e (...)
19.02.16

Cavaco Silva condecora Sousa Lara

  Para fim de festa e à laia de despedida, Cavaco Silva consegue achincalhar ainda mais a função presidencial. Só deste modo se compreende que tenha condecorado António Sousa Lara com a Ordem do Infante D. Henrique, destinada a premiar todos aqueles que tenham «prestado serviços relevantes a Portugal, no país e no (...)
26.01.16

«Podíamos arranjar uma candidata mais engraçadinha...»

 (foto do Expresso) O candidato do PCP Edgar Silva foi uma má escolha e a modesta pontuação alcançada nestas eleições presidenciais vem demonstrar isso mesmo. Os comunistas ganhariam mais, na minha opinião, em ter apoiado ou Carvalho da Silva ou Sampaio da Nóvoa. Acresce que Edgar Silva não fez uma boa campanha e o eleitorado comunista, (...)
22.01.16

Tudo vai depender da abstenção

A avaliar pelas sondagens que hoje foram conhecidas, Marcelo Rebelo de Sousa é o preferido dos portugueses para o cargo de Presidente da República, destacando-se dos seus principais adversários, Sampaio da Nóvoa e Maria de Belém. Contudo, Marcelo está a perder gás, a margem tem vindo estreitar-se, enquanto Nóvoa e Marisa ganham fôlego. Sampaio (...)