Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Narrativa Diária

Não escrever um romance na «horizontal», com a narrativa de peripécias que entretêm. Escrevê-lo na «vertical», com a vivência intensa do que se sente e perturba. Vergílio Ferreira

Narrativa Diária

09.01.20

Cristina Ferreira a Presidente da República?

narrativadiaria
Cristina Ferreira não descarta a hipótese se se candidatar a Belém. A revelação foi feita num programa do Canal 11 numa entrevista  concedida  a IVA Domingues e reiterada na revista Visão desta semana.   Num excerto publicado por aquela publicação, Cristina Ferreira foi confrontada com a possibilidade de vir a exercer cargos políticos e não negou a hipótese de um dia poder vir a ser Presidente da República.   Diz a popular apresentadora: «Não me imaginava, nunca me (...)
07.05.19

O Silêncio de Marcelo

narrativadiaria
E Marcelo Rebelo de Sousa? o que pensa da atual crise política em que o país supostamente mergulhou? O Presidente sempre tão prolixo remeteu-se agora ao um profundo silêncio.   «O Presidente, ciente do poder que lhe cabia no desfecho desta crise, remeteu-se ao silêncio. Ainda bem. Mas isso não significa que tivesse sido apanhado de surpresa. Marcelo Rebelo de Sousa partiu para a China com uma ameaça velada – afirmada e desmentida por fontes do Governo – de que o (...)
18.10.17

O discurso do Presidente da República teve consequências

narrativadiaria
  Finalmente a ministra da Administração Interna demitiu-se. Depois das palavras duras do Presidente da República, no seu discurso, parecia óbvio que a ministra já não teria grandes condições para se manter em funções.   Claro que a demissão de Constança Urbano de Sousa não vai recuperar as vidas humanas que se perderam nos quatro meses de incêndios. Mas, de certa forma, este foi o primeiro e único foco de incêndio que a ministra e o Governo conseguiram apagar.   Marcel (...)
09.03.17

«Onde não está Marcelo?»

narrativadiaria
A excelente capa da edição do jornal i de Fernando Alves e Vítor Rainho a propósito do primeiro ano de presidência de Marcelo Rebelo de Sousa é paradigmática e diz tudo sobre e a sua necessidade do nosso Presidente estar em todo o lado.  
24.01.17

Marcelo: um ano de presidência

narrativadiaria
    Marcelo Rebelo de Sousa tomou posse como Presidente da República há um ano. Marcelo, o presidente hiperativo teve uma agenda preenchidísssima no ano passado, a sua presença mediática foi praticamente diária.     O «presidente dos afetos» inaugurou uma nova forma de exercer os seus poderes através de uma maior proximidade com os cidadãos e uma presença constante no espaço mediático.   Marcelo interpretou também de forma diferente a função presidencial e (...)
23.01.17

Balanço de um ano de Marcelo como Presidente

narrativadiaria
  Marcelo Rebelo de Sousa deu ontem a sua primeira grande entrevista  enquanto Presidente da República, agora que decorre um ano do seu mandato.   Marcelo defendeu, sem rebuço, o acordo de concertação social, tendo assumido que deu um forte contributo para a sua concretização. Quanto à descida da TSU, que PCP, BE, Verdes e PSD preparam-se para chumbar no Parlamento, Marcelo mostrou-se favorável, porquanto seria dado um sinal positivo para a economia e para o crescimento.   Que (...)
27.12.16

Marcelo reage à morte de George Michael

narrativadiaria
  O Presidente da República publicou esta segunda-feira na página oficial da Presidência uma nota onde lamenta a morte de George Michael, a quem classifica como «um compositor versátil e talentoso, com uma carreira de inequívoca qualidade».   Uma coisa era ter dito uma ou duas palavras de circunstância, coisa diferente é usar a página oficial da Presidência da República para lamentar a morte do cantor e, neste ponto tenho que concordar com Miguel Sousa Tavares que (...)
18.12.16

Marcelo tenta evitar fecho da Cornucópia

narrativadiaria
O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, compareceu no espetáculo de encerramento do Teatro da Cornucópia e serviu de mediador numa conversa entre o fundador e diretor do Teatro da Cornucópia, Luís Miguel Cintra, e o ministro da Cultura para evitar o fim desta companhia. O Chefe de Estado defendeu um «estatuto de exceção» para o teatro.   Marcelo, neste afã de estar em todo o lado, exorbitou, uma vez mais, as suas competências presidenciais, colocando o Ministro da (...)
03.09.16

O presidente que temos

narrativadiaria
  «Criticar alguém que se encontra no topo da popularidade não é fácil. O Presidente da República bate hoje todos os recordes de popularidade, beneficiando quer de qualidades que lhe são próprias, quer do contraste com o Presidente anterior, quer da actual conjuntura política, em que ele aparece como um moderador (...)