Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Narrativa Diária

Não escrever um romance na «horizontal», com a narrativa de peripécias que entretêm. Escrevê-lo na «vertical», com a vivência intensa do que se sente e perturba. Vergílio Ferreira

Narrativa Diária

Não escrever um romance na «horizontal», com a narrativa de peripécias que entretêm. Escrevê-lo na «vertical», com a vivência intensa do que se sente e perturba. Vergílio Ferreira

16.10.19

O novo governo

António Costa apresentou ontem a constituição do seu novo Governo ao Presidente da República. É uma equipa de 19 ministros, sem grandes surpresas, que confirma a ascensão de alguns nomes e a manutenção de outros, mais contestados, como Marta Temido (Saúde) ou Tiago Brandão Rodrigues (Educação).   Foi por demais evidente que Costa quis evitar ligações familiares entre ministros. A saída de Vieira da Silva, permitiu que a sua filha, Mariana Vieira da Silva, se mantivesse em (...)
01.10.19

O caso Tancos mancha campanha eleitoral do PS

Já entrámos na última semana de campanha eleitoral para as Legislativas de 2019. Faltam 6 dias para se decidir a constituição do novo parlamento e o tema Tancos está a marcar a agenda política.   É que curiosamente ou talvez não, ficou a saber-se que o caso conta com  23 acusados pelo Ministério Público, um deles o ex-ministro da Defesa Nacional, Azeredo Lopes. O momento escolhido não podia ser pior porque não há como evitar o facto de um ex-ministro da Defesa deste (...)
14.09.19

E o PAN?

O PAN foi, como nos lembramos, a surpresa das eleições europeias, tal como havia sido em 2015, nas legislativas. Conseguiu eleger o seu primeiro deputado ao Parlamento Europeu sendo o único partido, oriundo de Portugal, a sentar-se no grupo dos Verdes europeus. André Silva foi-se impondo como uma forma diferente de fazer política. Tem boas ideias sobre ambiente e alterações climáticas. É fofinho porque gosta de animais, tem boa imagem, é sereno e assertivo, é cool (pratica (...)
27.05.19

Rescaldo das Europeias

  O PS ganhou as eleições europeias com 33,39% dos votos, elegendo nove deputados e aumentando a sua representação no Parlamento Europeu. Pedro Marques provou que a falta de carisma também pode ganhar eleições, assim haja um aparelho e de uma máquina devidamente afinadas. O PS com esse resultado ganha novo fôlego para as legislativas de outubro.   Quem também ganhou foi o BE, que obtém 9,79% dos votos e dobra a sua representação, elegendo dois deputados, passando agora a (...)
07.04.19

Legislar relações familiares?

Já aqui me pronunciei sobre as relações familiares no Governo, reconhecendo que não são saudáveis nem desejáveis, embora me pareça exagerado meter tudo no mesmo saco. Há efetivamente que "distinguir o trigo do joio".   O próprio António Costa admitiu o constrangimento ao assinalar que gostaria de ter «um critério claro e uniforme» sobre esta matéria (...)
03.04.19

Mariana Canotilho é a nova juíza do Tribunal Constitucional

O Presidente da República deu hoje posse à nova juíza do Tribunal Constitucional, Mariana Canotilho, nome proposto pelo Partido Socialista e aprovado pela Assembleia da República com 148 votos a favor, 35 brancos e 19 nulos. A votação, que decorreu por voto secreto, necessitou de uma maioria de dois terços dos deputados (o que exigiu naturalmente um acordo entre PS e PSD).   Recorde-se que dos 13 juízes-conselheiros do Tribunal Constitucional, dez são eleitos pela Assembleia da (...)
28.03.19

Relações Familiares no Governo PS

  É um assunto que está a marcar a atualidade e a gerar polémica e já se percebeu que vai ser um tema que a oposição vai retomar em próximos atos eleitorais, caso não tenha outros trunfos.   Penso que a existência destas teias familiares no governo socialista são mais o resultado da falta de opções do primeiro-ministro e da descredibilidade dos cargos políticos do que propriamente atos de nepotismo. Como se sabe, hoje, a política e os cargos governativos não (...)
28.11.17

Taxar o setor das energias renováveis, sim ou não?

O PS supostamente havia acordado, na passada sexta-feira, com o Bloco de Esquerda, uma proposta que visava taxar as empresas produtoras de energias renováveis, através da qual o Estado arrecadaria 250 milhões de euros. Na proposta do BE, esta contribuição solidária incidiria «sobre a diferença entre o preço médio da eletricidade no dia da venda e o valor da tarifa garantida e paga que se repercutiu na fatura».   Contudo, no dia da votação os socialistas recuaram e chumbaram (...)
22.07.17

Henrique Neto sai do PS

  Leio que Henrique Neto, 81 anos, abandonou definitivamente o PS. Sinceramente pensei que o antigo candidato a Belém já se tinha desvinculado há mais tempo.   É que pelo menos de há 20 anos a esta parte não me lembro de nenhuma iniciativa ligada ao PS que Neto tenha apoiado. Sempre foi um dos socialistas mais críticos dentro do próprio partido.   O (...)
10.07.17

Exoneração de três secretários de Estado

  Os secretários de Estado, Fernando Rocha Andrade (Assuntos Fiscais), Jorge Costa Oliveira (Internacionalização) e João Vasconcelos (Indústria) pediram ontem a exoneração de funções, uma vez que são suspeitos do «crime de recebimento indevido de vantagem».   Como é óbvio os secretários de Estado não deviam ter aceitado o convite da GALP para ir ver os dois jogos do Europeu de França no verão passado. Um membro do governo, que representa o Estado, não pode, nem deve (...)