Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Narrativa Diária

Não escrever um romance na «horizontal», com a narrativa de peripécias que entretêm. Escrevê-lo na «vertical», com a vivência intensa do que se sente e perturba. Vergílio Ferreira

Narrativa Diária

Sab | 08.02.14

Um palavrão muito pouco diplomático

narrativadiaria

A subsecretária de Estado dos EUA, Victoria Nuland, foi escutada numa conversa telefónica com o embaixador dos Estados Unidos na Ucrânia, Geoffrey Pyatt a insultar, com um forte palavrão, a atuação da União Europeia na resolução do conflito ucraniano. Ambos falavam, durante quase quatro minutos, sobre a forma de resolver a crise política na Ucrânia através das Nações Unidas, após a escolha de um diplomata da ONU, Robert Serry, designado representante especial do secretário-geral das Nações Unidas para a Ucrânia. Nuland exprimia a aprovação pela escolha do diplomata e a sua deceção com a contribuição europeia.

O vídeo gravado e publicado no YouTube está a correr mundo e a motivar várias reações. Angela Merkel já veio dizer que as declarações são «completamente inaceitáveis». Catherine Ashton, porta-voz da chefe da diplomacia da EU, não quis comentar as alegadas «fugas de informação sobre supostas conversas telefónicas» (…). «A UE está comprometida em ajudar o povo ucraniano durante a crise atual», acrescentou a porta-voz.

Victoria Nuland já apresentou um pedido de desculpas e os EUA apontam culpas para um envolvimento russo na divulgação da escuta. Os EUA e a União Europeia participam nas negociações para terminar o conflito que desde novembro leva milhares de manifestantes às ruas de Kiev. Na sua conversa telefónica com o embaixador Pyatt ambos sublinham a necessidade de consolidar as mais recentes propostas, antes que a Rússia intervenha e deite tudo a perder.